AS REPERCUSSÕES DA DOENÇA CARDIOVASCULAR NA QUALIDADE DE VIDA DE ADULTOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Karyna Turra, Carla Trentin, Debora S Ribeiro, Maria de Fátima Mantovani, Ymiracy do Nascimento de Sousa Polak

Resumo


Trata-se de um relato de experiência do projeto de Extensão da Universidade Federal do Paraná, intitulado “O Adulto com Problemas Cardiovasculares e o processo de Redefinição de sua Identidade frente à Cronicidade”, cujo objetivo era identificar as repercussões das mudanças no cotidiano de indivíduos com problemas cardiovasculares, internados em um Hospital da Região Metropolitana de Curitiba. Para a realização desse estudo, criou-se um instrumento de coleta de dados. Previamente testado, que foi aplicado de acordo com os preceitos éticos de participação voluntária e esclarecida, duas vezes por semana no período da tarde, durante o ano de 2000. Participaram do estudo 22 clientes, que eram visitados no pré e pós-operatório, sendo 14 homens e 8 mulheres na faixa etária de 27 a 75 anos. As mudanças ocorridas no cotidiano dessa clientela estavam relacionadas principalmente ao trabalho e prática de exercícios físicos, à alimentação e ao hábito de fumar, sendo enfatizada a importância do apoio familiar para o enfrentamento dos problemas. Os resultados desse estudo apontam para a criação de grupos de convivência visando a promoção da qualidade de vida aos clientes portadores de problemas crônicos de saúde, uma vez que tais grupos viabilizariam a troca de experiências e informações entre pessoas que passaram por situações similares.

Palavras-chave


Doença crônica; Enfermagem; Doenças cardiovasculares; Qualidade de vida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v6i1.44902 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133