SEGURANÇA DO PACIENTE NA PERCEPÇÃO DE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM

Patrícia Ilha, Vera Radünz, Francis Solange Vieira Tourinho, Monique Mendes Marinho

Resumo


O estudo buscou conhecer a compreensão de acadêmicos em enfermagem a respeito da segurança do paciente a partir de seu contato com a prática. Estudo exploratório e descritivo, de natureza qualitativa, realizado em 2014, com 103 alunos do curso de graduação em Enfermagem de uma universidade federal do Sul do Brasil. Os alunos relataram como principais ações para a segurança do paciente, os cuidados com medicações e a integridade do paciente. Em relação à prática, consideraram o cuidado com o paciente e o comportamento individual e coletivo. Também citaram os erros de outros profissionais e a empatia com o paciente. Demonstram conhecimento sobre a cultura de segurança do paciente, mas esse ainda está relacionado ao empirismo, precisando de maior aprofundamento teórico-científico. Além disso, consideraram a segurança como algo pontual, e não processual e onipresente.

Palavras-chave


Segurança do Paciente; Enfermagem; Educação em Enfermagem; Cultura; Estudantes de Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i5.43620 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133