PERCEPÇÕES DA FAMÍLIA ACERCA DAS DIFICULDADES DE ADAPTAÇÃO DA CRIANÇA À HOSPITALIZAÇÃO: SUBSÍDIOS PARA A ENFERMAGEM

Giovana Calcagno Gomes, Glaucia Dal Omo Nicola, Nathalia Zinn de Souza, Maria Cristina da Silveira Chagas, Dóris Farias Ribeiro Farias, Daiani Modernel Xavier

Resumo


Trata-se de pesquisa exploratório-descritiva de abordagem qualitativa fundamentada no referencial metodológico da
Teoria Fundamentada nos Dados com o objetivo de conhecer as percepções da família acerca das dificuldades de adaptação da
criança durante o enfrentamento da hospitalização. Os participantes foram 15 familiares cuidadores e a coleta das informações
foi realizada no primeiro semestre de 2010, por meio de entrevistas semiestruturada, a partir de seus conteúdos procedeu-se à
codificação aberta, axial e seletiva. Identificaram-se três categorias: ambiente hospitalar como diferente, medo da criança pela
internação e mudanças no comportamento da criança. Concluiu-se como necessário amparar a família para que possa dar o
apoio necessário à criança no hospital e cuidar de forma humanizada de modo que a hospitalização seja menos traumática.
 


Palavras-chave


Criança hospitalizada; Família; Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i4.34935 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133