DOENÇAS DERMATOLÓGICAS FREQUENTES EM UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

Kamilla Maestá Agostinho, Karenine Maria Holanda Cavalcante, Pacífica Pinheiro Cavalcanti, Débora Linsbinski Pereira

Resumo


Objetivou-se identificar patologias dermatológicas mais frequentes no Bairro Boa Esperança da cidade de Sinop – Mato Grosso,
e descrever dados clínicos e demográficos das pessoas acometidas. Pesquisa descritiva, quantitativa, documental, desenvolvida por meio da
coleta de dados nos prontuários dos pacientes, entre agosto e setembro de 2010. Dos 196 usuários com diagnóstico de doença dermatológica,
107(54,6%) eram mulheres e 55% crianças entre 0 a 5 anos de idade. As patologias mais frequentes foram o impetigo 14,3%; Varicela 11,7%;
Escabiose 8,2%; Dermatite de contato, 7,6% e Tínea corpus, 6,6%. Grande parte dessas doenças são preveníveis por meio de medidas
de educação em saúde e saneamento básico. O enfermeiro encontra-se em posição privilegiada na saúde coletiva, podendo proporcionar
diagnóstico precoce e prevenção de patologias dermatológicas por meio da realização de exame físico e de medidas de educação em saúde.


Palavras-chave


Dermatologia; Prevalência; Pele; Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i4.34927 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536