Open Journal Systems

DESAFIOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA REDE DE ATENÇÃO EM SAÚDE MENTAL

Luciane Ramos Silva, Carmem Lúcia Colomé Beck, Mariangela Gobatto, Caliandra Marta Dissen, Rosângela Marion Silva, Natiellen Quatrin Freitas

Resumo


Esta pesquisa do tipo estudo de caso e de abordagem qualitativa teve como objetivo apresentar e discutir os desafios encontrados para estruturar uma Rede de Atenção em Saúde Mental em um município do Rio Grande do Sul, Brasil. Os dados foram coletados por meio de análise documental, observações não-participantes e grupo focal. A análise foi realizada com base na análise de conteúdo. Dos resultados emergiram os eixos temáticos Entendimento duvidoso sobre a rede por parte dos componentes da Comissão de Saúde Mental; O trabalho identificado como distinto do trabalho real em Saúde Mental; O distanciamento do nível de atenção terciária com a rede (internação hospitalar) e A falta de proximidade entre as instituições formadoras e os serviços de saúde mental do município. Evidenciou-se neste estudo a necessidade de investir no desenvolvimento dos trabalhadores de saúde para o trabalho em rede, sobretudo na Enfermagem, para expandí-lo na organização da saúde mental.

Palavras-chave


Saúde mental; Psiquiatria comunitária; Redes comunitárias; Assistência à saúde

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v17i4.30361