ASSISTÊNCIA MULTIPROFISSIONAL À MULHER VÍTIMA DE VIOLÊNCIA: ATUAÇÃO DE PROFISSIONAIS E DIFICULDADES ENCONTRADAS

Daniela Anderson Carvalho Costa, Juliana Freitas Marques, Karla de Abreu Peixoto Moreira, Linicarla Fabíole de Souza Gomes, Ana Ciléia Pinto Teixeira Henriques, Ana Fátima Carvalho Fernandes

Resumo


Objetivou-se identificar o papel de profissionais atuantes em serviço de referência à mulher vítima de violência e descrever as dificuldades encontradas. Estudo descritivo, qualitativo, realizado em centro de referência em atendimento à vítimas de violência, em Fortaleza-Ceará, entre setembro e outubro de 2009. Foram entrevistados 20 profissionais atuantes no serviço, cujos dados foram coletados e analisados, conforme a técnica de análise de narrativas. Os resultados mostram que as mulheres seguiam fluxo de atendimento por meio da equipe multidisciplinar, com a assistência de profissionais de nível elementar, médio e superior. Os profissionais enfatizaram diversos obstáculos relacionados à ressocialização das vítimas, a não aceitação de acompanhamento psicológico e a escassez de recursos humanos. Enfatiza-se a necessidade de maior interação da rede de saúde com os serviços de referência, proporcionando a reestruturação emocional e social da mulher vítima de violência. 

Palavras-chave


Saúde da mulher; Violência doméstica; Equipe de assistência ao paciente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i2.29524 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536