SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CENÁRIO HOSPITALAR: PERCEPÇÃO DOS ENFERMEIROS

Elisangela Cogo, Maria Helena Gehlen, Silomar Ilha, Claudia Zamberlan, Hilda Maria Barbosa de Freitas, Dirce Stein Backes

Resumo


Objetivou-se com este estudo conhecer o que os enfermeiros atuantes em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital de médio porte compreendem acerca da operacionalização da Sistematização da Assistência de Enfermagem. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória com abordagem qualitativa, realizada por meio de entrevista no período de março a junho de 2011. Os dados foram analisados por meio da discussão das ideias que mais se repetiram e estas foram agrupadas em elementos que as traduziram de forma sintética, resultando nas categorias Sistematização da Assistência de Enfermagem: uma necessidade efetiva no cotidiano do enfermeiro e Sistematização da Assistência de Enfermagem: um dever no cotidiano hospitalar. Pode-se dizer que os sujeitos do estudo, embora conhecedores da necessidade da Sistematização da Assistência de Enfermagem no serviço, ainda não a operacionalizaram, o que permite considerar que alguns profissionais ainda sustentam o seu saber fazer no modelo biomédico. 

Palavras-chave


Enfermagem, Operacionalização, Sistematização da assistência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v17i3.29293 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536