INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM AO PACIENTE EM CRISE PSIQUIÁTRICA NOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL

Heloísa Helena de Sousa e Silva, Priscilla Maria de Castro Silva, Elisângela Braga de Azevedo, Divanda Cruz Rocha, Lorena de Farias Pimentel Costa, Juliana de Oliveira Musse

Resumo


Estudo de caráter descritivo com abordagem qualitativa objetivou investigar estratégias de intervenção de enfermagem direcionadas ao usuário em crise psiquiátrica, identificando os fatores que as desencadeiam. Fizeram parte do estudo dois enfermeiros e 14 técnicos em enfermagem atuantes nos Centros de Atenção Psicossocial de Campina Grande, Paraíba. Os dados foram coletados entre abril e maio de 2011 por meio de entrevista semiestruturada e analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. As estratégias referidas foram a escuta/conversa, uso de psicofármacos e contensão. Em relação aos fatores desencadeantes identificou-se razões de cunho familiar, uso irregular de medicação e abstinência de drogas. Pode-se perceber que as práticas de enfermagem estão baseadas no novo modelo de saúde dispensado em saúde mental.

Palavras-chave


Enfermagem; Serviços de saúde mental; Sofrimento psíquico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v17i3.29286 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536