CARACTERIZAÇÃO DE IDOSOS SINTOMÁTICOS OU PORTADORES DE AFECÇÕES NEUROPSIQUIÁTRICAS SEGUNDO CUIDADORES FAMILIARES

Hemília Gabrielli de Oliveira Cartaxo, Mércia Maria Paiva Gaudêncio, Gersiane da Silva Lacerda

Resumo


Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo, que caracterizou idosos dependentes com sintomas ou portadores de afecções neuropsiquátricas, segundo seus cuidadores familiares. Teve por sujeitos cuidadores familiares de idosos dependentes adscritos a uma Unidade Básica de Saúde da Família. Os dados foram coletados por meio de formulário de informações e analisados por estatística descritiva. Os idosos eram em sua maioria do sexo masculino, casados, com idade média de 72 anos; e majoritariamente aposentados que trabalharam na construção civil. Apresentam, segundo os cuidadores, sintomas de uma ou mais afecção neuropsiquiátrica, com destaque para a cefaléia; a afecção mais frequente foi o acidente vascular encefálico. Considerando os índices de dependência gerados pelo acidente vascular encefálico evidencia-se a necessidade de conhecer o perfil dos idosos afetados por esta condição e por sintomas neuropsiquiátricos, objetivando orientar a atuação dos profissionais da atenção básica.

Palavras-chave


Envelhecimento; Idoso; Cuidadores.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i2.21821 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133