FATORES DE RISCO PARA O DESENVOLVIMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL ENTRE MOTORISTAS CAMINHONEIROS

Helisamara Mota Guedes, Kátia de Arêdes Brum, Patrícia Andrade Costa, Martha Elisa Ferreira de Almeida

Resumo


Pesquisa descritiva-exploratória, de delineamento transversal, que teve como objetivo identificar o perfil dos motoristas caminhoneiros que trafegam na BR-381 quanto aos fatores de riscos modificáveis e não modificáveis para o desenvolvimento da hipertensão arterial. Utilizou-se instrumento para coleta e registro de dados demográficos, fatores de risco e níveis pressóricos de 257 motoristas; os dados foram tabulados e expressos em frequência absoluta e percentagem. A faixa etária variou entre 30 a 39 anos; 54,1% relataram possuir parentes diretos hipertensos; 49,4% e 23,7% relataram uso bebida alcoólica e tabaco, respectivamente. Em relação aos hábitos alimentares, 39,3% informaram ingerir alimentos processados e in natura e 13,2% alimentos fritos; 26,8% relataram acrescentar sal à alimentação depois de preparada. Os fatores de risco identificados podem favorecer o desenvolvimento da hipertensão arterial, fazendo-se necessária a realização de ações de saúde para esse grupo da população.

Palavras-chave


Hipertensão; Fatores de risco; Educação em saúde

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v15i4.20361 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133