ATITUDES DE ENFERMEIROS FRENTE AO ALCOOLISMO: REVISÃO DA LITERATURA

Divane Vargas, Janaina Soares

Resumo


Trata-se de uma revisão sistemática que objetivou investigar e analisar as publicações relacionadas às atitudes de enfermeiros frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista, publicadas entre 1959 e 2009. Realizou-se a busca sistemática nas bases de dados PUBMED, MEDLINE, LILACS e SciELO, utilizando-se os descritores attitudes; nurse; alcohol e alcoholism, resultando numa amostra constituída por 38 artigos. Os resultados apontaram que houve aumento na produção sobre o tema na década de 1990, e a análise qualitativa dos dados permitiu evidenciar que existe maior aceitação do álcool e que seus dependentes nas últimas décadas, porém, ainda há uma parcela de enfermeiros com atitudes predominantemente negativas ou moralistas. Concluiu-se que a produção sobre as atitudes de enfermeiros frente às questões relacionadas ao álcool indexadas nas bases de dados disponíveis online ainda é pequena se comparada a outros assuntos relacionados à temática, o que pode indicar pouco interesse dos pesquisadores sobre o assunto.

Palavras-chave


Atitudes; Enfermeiros; Alcoolismo; Pesquisa em Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i2.17619 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133