ASPECTOS EPISTEMOLÓGICOS DO CONCEITO DE CUIDADO/CONFORTO: OBJETO DE TRABALHO E OBJETO DE CONHECIMENTO DE ENFERMAGEM

Carlos Lyra da Silva, Vilma de Carvalho, Nébia Maria Almeida de Figueiredo, Teresa Tonini

Resumo


Reflexão acerca de aspectos epistemológicos do cuidado e do conforto como objetos de conhecimento em Enfermagem. Ressalta-se a importância da especificidade dos objetos de conhecimento em relação à coerência no pensamento epistemológico sobre o cuidado de enfermagem e o conforto. Esses objetos apresentam-se no espaço de exterioridade - à margem de - do pensamento e do conhecimento científicos, embora o cuidado seja almejado recentemente por outras áreas de conhecimento e inserido nos imaginários coletivos, das regras do pensamento lógico, das formações discursivas, capazes de vincular valores e o saber com o pensamento e a razão na formação de enfermeiros que cuidam e/ou que investigam.

 


Palavras-chave


Enfermagem; Epistemologia; Ciência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i2.17093 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133