Uma sociologia histórica do campo da Educação Física brasileira – rupturas e atualidade

Cristiano Mezzaroba, Cláudia Emília Aguiar Moraes

Resumo


Apresentamos algumas investigações e reflexões sobre a Educação Física Brasileira (EF), tendo como recorte de trabalho a análise sócio-histórica do campo baseada na fundamentação teórica de Bourdieu. Consideramos as rupturas e atualidades da EF quanto às implicações da crise dos anos 1980 nos domínios formativos, investigativos e pedagógicos. Levantamos as principais questões da crise do campo com Paiva em diálogo com outras produções teóricas da área e confrontamos a pertinência dessas questões do passado com a atual conjuntura da área. Na atualidade, embora considerando a dificuldade e os problemas em se analisar o presente, podemos visualizar algumas movimentações que evidenciam transformações no interior do campo diante das demandas sociais.


Palavras-chave


Campo da Educação Física; Sociologia histórica; Rupturas; Atualidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jlasss.v12i1.73620