Open Journal Systems

RELAÇÃO ENTRE O DIÂMETRO DO FOLÍCULO NO MOMENTO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM TEMPO FIXO E A TAXA DE GESTAÇÃO EM VACAS NELORE

Fábio Luiz Bim Cavalieri, Antonio Hugo Bezerra Colombo, Márcia Aparecida Andreazzi, Éder Augusto Gonçalves

Abstract


A utilização da inseminação artificial em vacas permite o emprego, em grande escala, de indivíduos melhoradores. No entanto, uma grande limitação à sua expansão é a observação do cio, por isso, os programas de inseminação artificial em tempo fixo (IATF), onde não há a necessidade da detecção de cio, melhoram a eficiência e o emprego dessa técnica. Um fator importante nos resultados da taxa de concepção e na eficiência reprodutiva de vacas nos programas de sincronização para IATF é o tamanho do folículo ovulatório no final do programa. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre o diâmetro dos maiores folículos (DF) no momento da IATF e a taxa de concepção em fêmeas nelore. Foram sincronizadas 120 vacas nelore e antes de cada IATF, mensurou-se o DF de todos os animais por ultrassonografia transretal, após, os animais foram divididos em 5 grupos, baseados no diâmetro do folículo, os quais variaram entre 7 a 16 mm. O diagnóstico de gestação foi realizado 30 dias após a IATF por ultrassonografia transretal. Os dados foram processados utilizando o programa estatístico SAS. A taxa de gestação geral foi de 46,66% e avaliando a taxa de gestação por grupo, observou-se que as vacas que apresentaram diâmetro folicular entre 7,0 e 10,0 mm tiveram 25% de taxa de gestação, entre 10,1 e 13,0 mm 47,60%, entre 13,1 e 16,0 mm 56,50%, acima de 16,0 mm 62,50% e os animais que não apresentaram folículo dominante no momento da inseminação resultaram em 48,10% de taxa de gestação. Os resultados demonstram efeito positivo do DF sobre a taxa de gestação de vacas Nelore, evidenciando que folículos maiores que 10 mm se relacionam positivamente ao aumento na taxa de gestação.

Keywords


desenvolvimento folicular; reprodução em bovinos; taxa de concepção.



DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v21i1.41561