Open Journal Systems

IMPACTO DE ENZIMAS SOBRE A DIGESTIBILIDADE DA SOJA DESATIVADA

Michelly Opalinski, Chayane da Rocha, Alex Maiorka, Fabiano Dahlke, Ana Vitória Fischer da Silva, Sebastião Aparecido Borges

Abstract


Objetivou-se neste experimento avaliar o impacto da adição de um complexo enzimático nos valores de energia metabolizável e dos coeficientes de digestibilidade do extrato etéreo e nitrogênio da soja integral desativada com diferentes granulometrias em frangos de corte. Foram utilizados 100 frangos, machos, com peso médio de 620g. O delineamento foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 2(com e sem complexo enzimático) x 2(granulometrias),  com quatro tratamentos e cinco repetições de cinco aves cada. Foram determinados os valores de energia metabolizável (EM), os coeficientes de digestibilidade do extrato etéreo, nitrogênio e aminoácidos da soja integral desativada. A granulometria e a adição do complexo enzimático não influenciaram (P>0,05) a digestibilidade dos aminoácidos e o coeficiente de digestibilidade do nitrogênio. A soja integral desativada de menor granulometria (0,650mm) apresentou maior coeficiente de digestibilidade do extrato etéreo. A adição do complexo enzimático promoveu aumento nos valores de EMA e EMAn quando utilizada soja desativada com granulometria 0,650 mm. A adição de complexo melhorou o coeficiente de digestibilidade da metionina independente da granulometria e de metionina+cistina com a maior granulometria (1,250 mm).


Keywords


complexo enzimático; composição nutricional; energia metabolizável; granulometria;



DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v16i2.19396