Open Journal Systems

Desenvolvimento fonético-fonológico bi/multilíngue e atenção – Questões teóricas abordadas no Speech Learning Model (SLM/SLM-r) e desafios futuros para a pesquisa em segunda língua (L2)

Bruna da Rosa de Los Santos, Ubiratã Kickhöfel Alves

Resumo


Neste artigo, propomos uma discussão teórica sobre as possíveis implicações atencionais no desenvolvimento fonético-fonológico bi/multilíngue. Para isso, partimos dos apontamentos feitos no Speech Learning Model, ao longo dos anos (FLEGE, 1995, 2003; FLEGE; BOHN, 2021), em relação ao componente cognitivo atencional. Discutiremos as seguintes questões latentes sobre atenção, não aprofundadas no SLM/SLM-r: (i) a possível relação direta entre proficiência e refinamento de categorias fonético-fonológicas; (ii) a conjugação entre percepção-produção, a qual perpassa, inevitavelmente, um contínuo de processamento entre armazenamento e recuperação de informações psico-acústicas; e (iii) o impacto metodológico de se considerar o construto ‘atenção’, associado ao SLM/SLM-r, nas coletas de dados de produção bilíngue. Tais lacunas psico-cognitivas dentro do modelo e, de forma geral, dentro da área de pesquisa, constituem desafios teóricos e metodológicos nos estudos de desenvolvimento bi/multilíngue, ainda mais numa perspectiva psicolinguística. Dessa forma, abrir o perímetro investigativo para questões mais amplas que envolvem a cognição bi/multilíngue pode contribuir, teórica e metodologicamente, para um maior entendimento do complexo processo de ensino-aprendizagem do componente fonético-fonológico de L2.


Palavras-chave


Atenção; Speech Learning Model; Fonologia; Modelo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v16i5.81523