A biografia linguística visual como instrumento de pesquisa multimodal sobre o desenvolvimento da competência plurilingue

Sílvia Melo-Pfeifer, Francisco Javier Calvo del Olmo

Resumo


Respondendo ao atual “visual turn” nos estudos em Linguística Aplicada, em geral, e no estudo da relação dos sujeitos com as línguas, mais especificamente, o presente artigo reflete acerca do uso de biografias linguísticas visuais como recurso de investigação na Didática do Plurilinguismo. Os autores partem de um estudo de caso na Universidade Federal do Paraná (Brasil) em que 30 estudantes do Programa de Pós-graduação em Letras foram convidados a desenhar suas biografias linguísticas. Os investigadores analisam que atores sociais, espaços, tempos e eventos são representados pelos estudantes como chave no processo de ser e de se tornar plurilingue, assim como que representações sociais acerca desse processo emergem da combinação dos elementos visuais desenhados. Finalmente, são discutidas algumas vantagens do recurso ao desenho como método de investigação em Didática de Línguas.


Palavras-chave


Didática do Plurilinguismo; Métodos visuais; Biografia linguística multimodal

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v16i2.77506



ISSN: 1980-0614
Creative Commons License
 
O conteúdo dessa Revista está publicado sob a licença Creative Commons Attribution 4.0 International License