VOGAIS TEMÁTICAS, GÊNERO E CONCORDÂNCIA NOMINAL EM PLE

Diocleciano Nhatuve

Resumo


Este artigo fala sobre a relação entre vogais temáticas, gênero e concordância em português como língua estrangeira. O objetivo é de identificar as tendências no estabelecimento da concordância e as características dos nomes com os quaisocorre maior número de desvios de concordância nominal em gênero em sintagmas nominais dos aprendizes zimbabweanos de português, cujo conhecimento linguístico prévio envolve aspetos de shona e de inglês, com mecanismos de concordância distantes dos do português e, assim, verificar até que ponto coincidem ou se distanciam dos resultados de outros estudos semelhantes. O estudo baseia-se numa abordagem mista, de tal sorte que os resultados são de natureza qualitativa e quantitativa. Aliás, o estudo revela que as vogais temáticas não influem no estabelecimento da concordância em PLE dos aprendenteszimbabweanos. Neste grupo, grande parte dos nomes terminados por –aé associada a acessórios com traços do masculino, revelando-se a tendência de usar o masculino independentemente da vogal. Desta feita, à tendência revelada por Leiria (2006), Ferreira (2011) e Pinto (2012), a qual indica que o desvio de concordância em gênero se concentra em nomes que não terminam pelas vogais –a e –o, acrescenta-se mais um dado diferente sobre as vogais temáticas e a concordância em gênero.


Palavras-chave


Vogais temáticas; Gênero; Concordância nominal em PLE

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v12i2.51797

Revista X. ISSN: 1980-0614