ESTRATÉGIA DISCURSIVA DA REVISTA VEJA EM UM ARTIGO DE OPINIÃO SOBRE EDUCAÇÃO

Tania Cristina Apolinario Santos, Geraldo Savio F. Almeida

Resumo


Neste trabalho são apresentados dados de uma pesquisa, inserida no campo da Linguística Aplicada, cuja análise objetivou identificar a importância dos meios de comunicação na formação da opinião pública, nas decisões e nas concepções que circulam o mundo. Especificamente, a pesquisa buscou verificar a estratégia discursiva da Revista Veja, em um artigo de opinião, apontando os recursos argumentativos empregados pelo articulista. Utilizamos como corpus um artigo de opinião, escrito pelo colunista Cláudio Moura Castro, que aborda o papel do professor, em especial, sua remuneração, publicado em 27 de julho de 2016. Como suporte à análise do objeto, utilizamos os pressupostos teóricos acerca das concepções de dialogismo e ideologia bakhtinianos, a fim de desvelar concepções implícitas de linguagem e de ideologia no discurso midiático. Os resultados mostraram que as contradições e os conflitos são marcas do discurso jornalístico, que nos mobilizam a refletir até que ponto o que a mídia traz traduz a realidade. A análise dos dados mostrou que a Revista Veja estabelece com seu leitor imaginado uma relação paradoxal: por um lado, imagina-o como um leitor articulado, com bom nível de compreensão do mundo; por outro, imagina-o como um leitor ingênuo, cuja opinião deve ser construída pelos jornalistas.

 

 


Palavras-chave


Educação; Professor; Valorização; Salário

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v12i1.49552

Revista X. ISSN: 1980-0614