COMPREENSÃO LEITORA E O USO DO TRADUTOR ELETRÔNICO NAS AULAS DE INGLÊS INSTRUMENTAL (ESP).

Adriana Riess Karnal, Vera Wanmacher Pereira

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar a compreensão leitora quando na leitura de um texto de inglês traduzido para o português pelo tradutor eletrônico do Google. Discute-se o avanço da linguística computacional no que concerne à qualidade da tradução automática (Hutchins, 2003, Lima 2008). A partir daí, faz-se uma retomada das questões cognitivas envolvidas na leitura, fundamentando-se principalmente no modelo da Eficiência verbal de Perfetti (1985,2007) e do papel das estratégias cognitivas de leitura. Aplicou-se um teste de leitura traduzido pelo Google com perguntas de compreensão com alunos não proficientes em inglês na universidade. Finalmente, este estudo se propõe a repensar a metodologia de ensino para as aulas de inglês instrumental (ESP).


Palavras-chave


tradução eletrônica; estratégias de leitura; inglês instrumental (ESP).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v1i0.2013.32837



ISSN: 1980-0614
Creative Commons License
 
O conteúdo dessa Revista está publicado sob a licença Creative Commons Attribution 4.0 International License