ASPECTOS DA INTERAÇÃO CLIMA-AMBIENTE-SAÚDE HUMANA: DA RELAÇÃO SOCIEDADE-NATUREZA À (IN)SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

Francisco MENDONÇA

Resumo


O clima é um dos importantes elementos formadores do ambiente planetário. Os debates relativos à questão ambiental, notadamente após a década de 1960, têm evidenciado sua importância na análise ambiental, principalmente quando da ocorrência de catástrofes naturais Natural Hazards. Os impactos do clima sobre a sociedade repercutem, dentre outros, na condição de saúde humana. Este campo de pesquisas interação entre o clima e a saúde humana volta a ser objeto de interesse dos geógrafos na atualidade.

Aspects of the climate-environment-human health interaction: from nature-society relation to enviromental (un) sustenability

Abstract

The climate is one of the importants planetary environment elements. The environmental question debates, notably after the sixties, has shown the importance to the environmental analysis, principally when the natural catastrophes Natural Hazards occure. The climate impacts over society has repercussion on the human health conditions, among others. This research field interaction between climate and human health has been rediscussed by the geographers nowadays.


Palavras-chave


clima; ambiente; catástrofes naturais; saúde humana; climate; environment; natural catastrophes; human health.

Texto completo:

PDF

Referências


AB’SABER, A. N.; MULLER-PLANTENBERG, C. (Orgs.). Previsão deimpactos. São Paulo: Edusp, 1998.9

AYOADE, J. O. Introdução à climatologia para os trópicos. São Paulo:Difle, 1986.

BESANCENOT, J.-P. Le climat et la santé. In: DUBREUIL, V.;MARCHAND, J.-P. (Org.). Le climat, l’eau et les hommes – Ouvrage enl’honneur de Jean Mounier. Rennes/France: Presses Universitaires deRennes, 1997. p. 87-104.

BELTRANDO, G.; CHÉMERY, L. Dictionnaire du climat. Paris: Laroussse,1995.

BOROX, S. C. Repercussões das condições climáticas de inverno nasaúde humana – A problemática de doenças respiratórias na populaçãoinfantil de Curitiba/PR (Análise introdutória). Curitiba, 1998. Monografia(Conclusão de Curso de Especialização em Analise Ambiental) -Universidade Federal do Paraná, Departamento de Geografia.

CORRÊA, R. L. Região e organização espacial. São Paulo: Ática, 1986.

COSTA FERREIRA, M. E.; LOMBARDO, M. A. A questão climática e aocorrência de malária na área de influência do Reservatório de Itaipu -PR - Brasil. Boletim Climatológico, ano 2, n. 3, p.187-193, jul. 1997.

FOLLADORI, G. Los límites del desarollo sustentable. Montevidéu:Banda Oriental, 1999. Revista Trabajo y Capital, Montevidéo, 1999.

HAINES, A. Implicações para a saúde. In: LEGGET, J. (Ed.).Aquecimento global – o relatório do Greenpeace. Rio de Janeiro: Editorada Fundação Getúlio Vargas, 1992. p. 135-148.

LACAZ, C. S. et al. Introdução à geografia médica do Brasil. São Paulo:Edgard Blücher/Editora da Univ. de São Paulo, 1972.

LAMARRE, D.; PAGNEY, P. Climats et sociétés. Paris: ArmandColin,1999.

MENDONÇA, F. A. Clima e criminalidade: ensaio analítico da correlaçãoentre a criminalidade urbana e a temperatura do ar. Curitiba: Editora daUFPR, 2000. No prelo.

MONTEIRO, C. A. F. Clima e excepcionalismo: congecturas acerca daatmosfera como fenômeno geográfico. Florianópolis: UFSC, 1991.

MULLER-PLANTENBERG, C.; AB’SABER, A. N. (Orgs.). Previsão deimpactos. São Paulo: Edusp, 1998.

PEIXOTO, A. Clima e salubridade no Brasil. São Paulo: Ática, 1975.

RIBEIRO FRANCO, M. A. Planejamento ambiental para a cidadesustentável. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2000.

ROUQUAYROL, M. Z. Epidemiologia e saúde. 4. ed. Rio de Janeiro:MEDSI, 1993.

SAHR, W. O desenvolvimento sustentável: uma palavra e as coisas.Ra’e Ga - O Espaço Geográfico em Análise, Curitiba, ano II, n. 2, p. 67-85,1998.

SERRES, M. La phylosofie et le climat. In: Colloque de Lassay: “Pollution,atmosphere, ozone, effet de serre, deforestation...”. Paris: Larousse,1989. p. 50-61.

SOBRAL, H. R. W. Poluição do ar e doenças respiratórias em criançasda Grande São Paulo: um estudo de geografia médica. São Paulo, 1998.Tese (Doutoramento) - USP.

SORRE, M. A adaptação ao meio climático e biossocial – geografiapsicológica. In: MEGALE, J. F. (Org.). Max Sorre. São Paulo: Ática,1984. (Coleção Grandes Cientistas Sociais, 46).

TRINDADE AMORIM, M. C. C. Variações dos elementos climáticos e aincidência do aedes aegytpti em Pres. Prudente/São Paulo. BoletimClimatológico, Presidente Prudente, ano 2, n. 3, p.181-186, jul. de 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v4i0.3341

Direitos autorais

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009