n. 36 - Avaliação da efetividade de uma política pública: ação afirmativa para a agricultura familiar no Campus Concórdia/IFC

Francieli Marchesan, Oséias Santos de Oliveira

Resumo


As políticas públicas implementadas no Brasil visam, principalmente, a redução das desigualdades sociais e a melhoria da qualidade de vida da população, sendo que grande parte delas voltam-se à educação, por sua influência no desenvolvimento socioeconômico do país. Para a melhor gestão e otimização destas ações, são necessárias avaliações constantes dos resultados alcançados. Nesse sentido, este trabalho objetiva analisar a efetividade da ação afirmativa para a agricultura familiar implementada pelo Campus Concórdia/IFC, para o curso Técnico em Agropecuária. A metodologia pauta-se em uma pesquisa quali-quantitativa, de um estudo de caso, utilizando-se para coleta de dados a análise dos documentos nacionais e institucionais que balizam as cotas sociais. Como resultado, verificou-se que a política desenvolvida é efetiva, por intervir positivamente na realidade da população-alvo. Considera-se a ação afirmativa assertiva, pois esta representa uma medida fundamental para a inclusão sócio educacional de estudantes provenientes da atividade agrícola.

Palavras-chave


Políticas Públicas; Cotas Sociais; Agricultura Familiar; Avaliação de Efetividade.

Texto completo:

PDF

Referências


ANCHIETA, K. A. História da Implantação do Sistema de Cotas para Negros na Universidade Estadual de Londrina – UEL (2000 – 2005). 2008. 144 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Educação, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2008.

ARRETCHE, M. T. S.. Tendências no estudo sobre avaliação. In: RICO, Elizabeth M. (Org.). Avaliação de políticas sociais: uma questão em debate. São Paulo: Cortez, 2009. p. 29-39.

BEZERRA, T. O. C; GURGEL, C. R. M. A política pública de cotas na UERJ: desempenho e inclusão. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E

CAMPOS, L. C. et al. Cotas sociais, ações afirmativas e evasão na área de negócios: análise empírica em universidade federal brasileira. Revista Contabilidade & Finanças da USP, São Paulo, v. 28, n. 73, p. 27-42, jan./abr. 2016. Disponível em: . Acesso em: 05 jan. 2018.

CUNHA, C. G. S. da. Avaliação de Políticas Públicas e Programas Governamentais: tendências recentes e experiências no Brasil. George Washington University: Programa Minerva, Washington, p.1-41, 2006. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2018.

CURY, C. R. J. Direito à educação: direito à igualdade, direito à diferença. Cad. Pesqui., São Paulo, n. 116, p. 245-262, jul. 2002 . Disponível em: . Acesso em: 03 Set. 2018.

ESTADO DE SANTA CATARINA. Arranjos Produtivos Regionais/SC. [s.l.]: Diretoria de Políticas e Planejamento Educacional (DIPE), 2016. Disponível em: . Acesso em: 07 nov. 2017.

FIGUEIREDO, M.; FIGUEIREDO, A. C. Avaliação Política e Avaliação de Políticas: Um Quadro de Referência Teórica. Revista Fundação João Pinheiro, Campinas, v. 1, n. 3, p. 108-129, set./dez. 1986. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2018.

FREY, K. Políticas Públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas, [s.l.], n. 21, p. 212-259, jun. 2000. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010: educação e deslocamento. 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2018.

INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE. Resolução ad referendum n. 21/2013 CONSUPER. Lex: Resoluções aprovadas em 2013, Blumenau, 2013 (a). Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2018.

______. Resolução n. 48/2013 CONSUPER. Lex: Resoluções aprovadas em 2013, Blumenau, 2013 (b). Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2018.

______. Relatório de Gestão do Exercício de 2016. Blumenau: IFC, 2017 (a). Disponível em: . Acesso em: 05 dez. 2017.

______. Sobre o IFC. 2017 (b). Disponível em: . Acesso em: 04 out. 2017.

______. Relatório de gestão do exercício de 2017. Blumenau: IFC, 2018. 358 p. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2018.

INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA (IFC). Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio. 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

______. Histórico. 2017 (a). Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

______. Cursos. 2017 (b). Disponível em: . Acesso em 22 nov. 2017.

LINHARES, M.. Políticas públicas de inclusão social na América Latina: ações afirmativas no Brasil e México. 2010. 490 f. Tese (Doutorado) - Curso de Doutorado em Integração da América Latina, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

MARCHESAN, F.; OLIVEIRA, O. S. de. Ação Afirmativa para a Agricultura Familiar no Curso Técnico em Agropecuária do Instituto Federal Catarinense - Campus Concórdia: origem e motivação para sua criação. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESEMPENHO NO SETOR PÚBLICO, 1., 2017, Florianópolis. Anais... . Disponível em: . Acesso em: 27 de fev. 2018.

MCCOWAN, T. Expansion without equity: an analysis of current policy on access to higher education in Brazil. Higher Education, Londres, v. 53, n. 5, p. 579-598, 2007. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2018.

MELLO, G. N. de. Políticas Públicas de educação. Estudos Avançados, São Paulo, v. 5, n. 13, p. 7-47, set./dez. 1991. Disponível em: . Acesso em 07 fev. 2018.

MENEZES, P. L. de. A ação afirmativa (Affirmative action) no direito norte-americano. São Paulo: Editora Revista dos tribunais, 2001. 174 p.

PORTAL DO CIDADÃO (Concórdia). A economia geral. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2017.

SANO, H.; MONTENEGRO FILHO, M. J. F. As técnicas de avaliação da eficiência, eficácia e efetividade na gestão pública e sua relevância para o desenvolvimento social e das ações públicas. Desenvolvimento em Questão, [s.l.], v. 11, n. 22, p. 35-61, 2013.

SANTOS, M. A. de, et al. Memória IFC Campus Concórdia: 50 anos de registros e relatos. In: Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar. 2015, Santa Rosa do Sul. Artigo. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2017.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA (SETEC/MEC); INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINESE (IFC). Acordo de Metas e Compromissos. Brasília, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 mai. 2018.

SILVA, M. A. S. N. da; TORELLY, E.; MADEIRA, L. M. O Estado Social no Brasil, a Constituição Federal de 1988 e as políticas públicas criminais: (des) conformidades e (in) efetividades. In: IX Salão de Iniciação Científica PUCRS, 9, 2008, Porto Alegre. Artigo.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jpe.v13i0.65637

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Publicado pelo Núcleo de Políticas Educacionais (NuPE) e pela linha de pesquisa em Políticas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFPR), da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Published by Educational Policies Research Centre (NuPE) and by Educational Policy Research Group at Graduate Program in Education (PPGE / UFPR), Federal University of Paraná (UFPR), Brazil.

Contatos: +55 41 35356264

E-mail: jpe@ufpr.br