n. 2 - REFLEXÕES SOBRE A EXPANSÃO DOS INSTITUTOS FEDERAIS NO ESTADO DE SÃO PAULO

Sandra Lúcia Ferreira, Andrea de Andrade, Fernanda Evelin Camarço de Souza

Resumo


Este artigo aborda as causas e consequências do Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, focando, sobretudo no caso do Instituto Federal de São Paulo. O estudo desvela as causas que levaram o poder público a decidir sobre a alteração do cotidiano dessa rede de ensino, bem como aponta para algumas das consequências geradas a partir dessas definições políticas. Em linhas gerais, o objetivo é refletir sobre as condições nas quais ocorreu a expansão do Instituto Federal de São Paulo. Para tanto, o artigo aborda o contexto de criação dos Institutos Federais, os desafios enfrentados pela gestão da instituição, as condições da infraestrutura dos campi, o déficit e as insatisfações de docentes e técnico-administrativos, assim como a evasão de alunos e o acompanhamento de egressos.


Palavras-chave


Plano de Expansão; Educação Profissional; IFSP; Políticas Públicas

Texto completo:

PDF

Referências


CAMARGO, R. e VILLELA, J. E. N. Da Escola de Aprendizes Artífices ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo: cem anos de ensino público federal. São Paulo. Sinergia: v. 11, nº 1, p. 45-52, jan/jun, 2010.

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO PAULO. Relatório de Gestão – Exercícios 2001/2002/2003/2004/2005/2006/2007/2008. São Paulo. Disponível em: . Acesso em 24 jun. 2104.

CERQUEIRA, M. C. R. Programa de Expansão da Educação Profissional: análise do alcance das políticas educacionais. Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2010. Disponível em . Acesso em 26 mai. 2014.

CONIF. Rede Federal alcança um milhão de estudantes. Notícias, 2013. Disponível em: . Acesso em 14 ago. 2014.

CORDÃO, F. A. “A Educação Profissional no Brasil”. In: Ensino Médio e Ensino Técnico no Brasil e em Portugal: raízes históricas e panorama atual. PUC/SP (org.), Campinas, SP: Autores Associados, 2005 (Coleção Educação Contemporânea).

CUNHA, L. A. O Ensino Profissional na Irradiação do Industrialismo. São Paulo: Editora Unesp; Brasília: Flacso, 2005.

FERNANDES, C. M. As políticas curriculares na cotidianidade da Escola: a análise dos professores sobre o impacto da Reforma da Educação Profissional no CEFET-SP. Dissertação (Mestrado em Educação). Centro Universitário Moura Lacerda. São Paulo: Ribeirão Preto, 2007.

FONSECA, C. História do Ensino Industrial no Brasil. Vols. 1, 2 e 3. RJ: Senai, 1986.

GATTI JÚNIOR, D. Apontamentos sobre a pesquisa histórico-educacional no campo das instituições escolares. Cadernos de História da Educação, Uberlândia, MG, v. 1, n. 1, p. 29-31, jan/dez, 2002.

LIMA FILHO, D. L. Formação de Tecnológos: lições da experiência, tendências atuais e perspectivas. Rio de Janeiro. Boletim Técnico do Senac, v. 25, n. 3, p. 41-53, set./dez. 1999. Disponível em < http://www.senac.br/BTS/253/boltec253d.htm>. Acesso em 15 ago. 2014.

LÜDKE, M. e ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MATIAS, C. R. Reforma da Educação Profissional na Unidade de Sertãozinho do CEFET/SP. Dissertação (Mestrado em Educação). UNIFOP – Universidade Federal de Ouro Preto, 2004.

MATIAS, C. R. e FERNANDES, C. M. A Falha da Reforma. São Paulo. Sinergia: v. 3, nº 2, p. 110-117, jul/dez, 2002.

MORAIS, P. D. A Implantação da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica em Mato Grosso no Contexto da Expansão da Educação Superior no Brasil. Natal/RN. Anais do XXII Seminário Nacional Universitas/Br.: p. 1.020-1.033, ago. 2014. Disponível em . Acesso em 15 ago. 2014.

PACHECO, E. Institutos Federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. Brasília/São Paulo: Editora Moderna Ltda, 2011. Disponível em . Acesso em 15 ago. 2012.

PACHECO, E.; PEREIRA, L. A. C.; DOMINGOS SOBRINHO, M. Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: limites e possibilidade. Linhas Críticas. Brasília, DF, v. 16, n. 30, p. 71-88, jan./jun. 2010.

RIBEIRO, C. V. S.; CARDOSO, V. M. L. As transformações do mundo do trabalho e as repercussões na educação profissional: a transição dos CEFETs para os IFETs. In: Seminário Nacional Universitas/Br, 22, 2014, Natal/RN. ANAIS DO XXII SEMINÁRIO NACIONAL UNIVERSITAS/Br: Expansão da Educação Superior e da Educação Profissional: tensões e desafios. Natal/RN: Universidade Federal do Rio Grande do Norte/Centro de Educação, mai. 2014. p. 642-654.

SAMPAIO, M. V. D. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: a expansão recente do IFRN e a absorção local dos egressos no mercado de trabalho. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Economia - PPECO). UFRN. Natal/RN, 2013.

SOUZA, S. M. A Dimensão da Educação Estética nos Processos Formativos: um estudo sobre a orientação educacional construída no imaginário social. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Cidade de São Paulo. São Paulo, 2013. Disponível em Acesso em 30 ago. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jpe.v12i0.56622

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Publicado pelo Núcleo de Políticas Educacionais (NuPE) e pela linha de pesquisa em Políticas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFPR), da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Published by Educational Policies Research Centre (NuPE) and by Educational Policy Research Group at Graduate Program in Education (PPGE / UFPR), Federal University of Paraná (UFPR), Brazil.

Contatos: +55 41 35356264

E-mail: jpe@ufpr.br