Open Journal Systems

CONTENÇÃO E ESTABILIZAÇÃO DE EROSÕES LINEARES POR MEIO DE TÉCNICAS DE BIOENGENHARIA EM PROPRIEDADE DA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO TIMBURI, PRESIDENTE PRUDENTE-SP

Leonardo Cruz Mendes da Silva, Gustavo Fávaro Lopes, João Osvaldo Rodrigues Nunes

Resumo


O ser humano tem provocado inúmeras alterações no relevo desde seu surgimento, sobretudo nos tempos atuais, com o advento tecnológico-científico e o crescimento acelerado da produção e do consumo. A intensificação dos processos erosivos e da degradação do solo é um problema que afeta diretamente os pequenos agricultores, e requer amplo trabalho de diagnóstico, intervenção e capacitação, para possibilitar uma melhor relação com o meio e qualidade de vida. Este trabalho teve como objetivo principal, o controle e estabilização de processos erosivos lineares em duas ravinas localizadas em uma propriedade rural, na Área de Proteção Ambiental – APA do Timburi, em Presidente Prudente – SP. Para tanto, foi realizado um levantamento sobre os aspectos físicos e históricos da área de estudo, coleta de amostras de solos para análises física e química, ensaio de permeabilidade do solo e implantação de técnicas de bioengenharia, utilizando barramentos de bambu (paliçadas) e telas de sombrite de polietileno. Os dados da análise física apontaram solos com predomínio de classe textural arenosa, a análise química indicou presença de acidez, o ensaio de permeabilidade resultou em condições de drenagem de lenta a moderada e presença de hidromorfismo o que mostra que a área está bastante alterada. As estruturas de barramentos foram eficazes na contenção dos processos erosivos, promovendo a estabilização e favorecendo o crescimento da vegetação.

Palavras-chave


Erosão Linear; Bioengenharia; Solos; Análise textural; Permeabilidade.

Texto completo:

AUTORIZAÇÃO ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v18i2.91531