Open Journal Systems

AS PERSPECTIVAS TRADICIONAIS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS DIRETRIZES CURRICULARES DA EDUCAÇÃO DO CAMPO DO PARANÁ: ENTRECRUZANDO CAMINHOS

Wagner da Silva, Celbo Antonio da Fonseca Rosas, Isonel Sandino Meneguzzo

Resumo


Atualmente, o planeta passa por uma crise ambiental sem precedentes, com isso cresce a importância de se pensar e construir uma educação ambiental efetiva. A educação do campo é marcada por suas relações diferenciadas entre os sujeitos que a compõem e o ambiente em que se desenvolve, e foi justamente tal premissa que instigou a presente proposta de pesquisa. Com o objetivo de analisar de que forma ocorrem as discussões de educação ambiental dentro das Diretrizes Curriculares da Educação do Campo do estado do Paraná, o seguinte artigo valeu-se da metodologia baseada em pesquisas bibliográficas e documentais, além de justificar-se a partir da importância de compreender as correntes teóricas que baseiam a construção dos documentos oficiais da educação, já que são eles os principais norteadores do trabalho pedagógico. Pode-se perceber que a educação ambiental contida nas Diretrizes Curriculares da Educação do Campo do Paraná é influenciada por três correntes tradicionais principais: Naturalista, Resolutiva e Científica. Também vale destacar que os apontamentos sobre educação ambiental dentro dessa Diretriz, ocorrem de maneira indireta e contextualizada em outras temáticas.

Palavras-chave


geografia; educação do campo; educação ambiental.

Texto completo:

AUTORIZAÇÃO ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v18i2.80434