PAISAGEM E LUGAR: ALICERCES DE UMA OUTRA POLÍTICA

Reginaldo José de Souza

Resumo


 Não é raro que geógrafos encontrem algumas dificuldades em delimitar a diferença entre paisagem e lugar. Por isso, sempre há alguma confusão interpretativa entre um e outro. Este ensaio tem o objetivo de esclarecer tal diferença através de um debate estético. Porém, também procura reconhecer convergências teóricas e como é possível construir uma leitura política da vida em sociedade por meio destes conceitos. Geralmente é o território o detentor, por excelência, do debate político na Geografia. Com este texto, convida-se o leitor ao exercício de pensar o conteúdo político da paisagem-lugar e criticar a hipótese que ele levanta: poderia esse conteúdo político da paisagem e do lugar suscitar muito mais posturas de pacificação do que de combate entre as pessoas/as sociedades, notadamente em mundo cansado do desrespeito pelas vidas e dos egos das guerras


Texto completo:

ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v13i2.63708



Revista Geografar ISSN: 1981-089X