INVERNADA COMO PAISAGEM-TIPO VERNACULAR

Bruno José Rodrigues Frank, Humberto Tetsuya Yamaki

Resumo


Invernada é uma área de pastagem utilizada para a parada de tropas de muares e gado, além de engorda no inverno. É considerada uma paisagem tradicional na America Latina. Caminhos e estradas interligavam os locais de criação de animais aos pontos de comercio. Os locais de invernada podem ser reconhecidos através do relevo, hidrografia e vegetação e da localização em antigos caminhos em distâncias regulares e uma posição estratégica. Além de paradas, servem para toda sorte de suporte para o prosseguimento da viagem. Podem evoluir para estabelecimentos de embriões de cidades. Existe um padrão reconhecível de paisagem de invernada. É uma paisagem-tipo porque resulta da articulação de componentes que favorecem a funcionalidade e a continuidade dos elementos constituintes da paisagem. Por ser recorte de uma paisagem comum, uma paisagem-tipo invernada pode passar comumente despercebida, e em alguns casos a toponímia ainda permite resgatar a antiga localização. O artigo visa estabelecer relações entre a idealização, transmissão e padrões gerais de sua configuração. Tem como proposta a identificação de componentes da paisagem na definição de uma “paisagem-tipo” invernada.


Palavras-chave


Invernadas; Paisagem-Tipo; Avaliação da Paisagem

Texto completo:

AUTORIZAÇÃO ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v13i2.58624



Revista Geografar ISSN: 1981-089X