O DIREITO À EDUCAÇÃO NO/DO CAMPO NA AGRICULTURA CAPITALISTA NO MUNICÍPIO DE JATAÍ GO

Tatiane Rodrigues de Souza, Evandro César Clemente

Resumo


O princípio da educação no/do campo se fundamenta na participação e envolvimento social dos sujeitos que aí vivem, ensino que vai além dos conhecimentos escolares, uma pedagogia pautada em direitos. Entretanto, fica explícito que o sistema educacional é pensado e gestado predominantemente por ideais mercantilistas. As reflexões apresentadas neste texto resultam do debate realizado em pesquisa de Mestrado, defendida no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí. O objetivo é apresentar perspectivas prévias de diferentes autores que discutem o direito e as condições da oferta educacional no campo, compreendendo a consolidação da agricultura capitalista e suas implicações no ensino das escolas localizadas nas áreas rurais do município de Jataí-GO. Identifica-se que a visão neoliberal/mercadológica sob o prisma da agricultura capitalista, tem dificultado avanços em implantar uma educação que seja efetivamente emancipatória.


Palavras-chave


Educação no/do campo; Agricultura Capitalista; Direito e educação.

Texto completo:

AUTORIZAÇÃO ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v13i2.57840



Revista Geografar ISSN: 1981-089X