OS CASSACOS MIGRANTES DE TAMBOARA – PR: REFLEXOS DA MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA

Vitor Hugo Ribeiro

Resumo


Este artigo, resultado de um trabalho de doutorado em Geografia, objetivou-se em estudar a mobilidade de trabalhadores e trabalhadoras rurais migrantes do município de Tamboara – PR, levando-se em consideração algumas características sociais bem como as motivações desse fluxo populacional. Averiguou-se, por meio de trabalho de campo, que a exclusão social por que passam esses trabalhadores são reflexos da modernização conservadora e do processo de reestruturação produtiva do capital em nosso país. Tais elementos foram desencadeadores de uma força de trabalho rural de baixa escolarização e excludente do mercado de trabalho formal, que tem adquirido, por meio dos fluxos migratórios, as oportunidades de conquistarem melhores condições de vida e anseios.


Palavras-chave


Tamboara – PR; Lavoura canavieira; Fluxo populacional

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v11i2.50177



Revista Geografar ISSN: 1981-089X