SENSIBILIZAÇÃO ESTÉTICA NAS AULAS DE GEOGRAFIA: DISCUSSÕES EM TORNO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Carina Copatti

Resumo


A abordagem da Educação Ambiental nas instituições escolares tem se mostrado de extrema importância na atualidade, isso se deve principalmente ao aumento das preocupações em relação às consequências da ação humana sobre o espaço ocupado e ao uso inadequado dos recursos naturais. Sendo assim, este artigo tem como objetivo trazer ao debate algumas considerações sobre possíveis contribuições da Educação Estética na abordagem da Educação Ambiental em aulas de Geografia, no Ensino Fundamental. Parte-se do seguinte questionamento: De que maneira a Educação Estética pode auxiliar nos estudos sobre Educação Ambiental? Que contribuições traz para as aulas de Geografia e para a conscientização dos educandos? Compreende-se que, no contexto atual, de transformações intensas no espaço geográfico e nas relações humanas, tanto em sociedade, quanto nas interações nos ambientes de aprendizagem, há a necessidade de criarmos momentos de diálogo e reflexão, incentivando os alunos a sensibilizar-se, ampliar o olhar para perceber, sentir e relacionar-se de maneira mais consciente com o espaço geográfico. Nessa perspectiva, o presente artigo, traz contribuições de autores como Nérici (1985), Loureiro (2007) e Segura (2001), a fim de debater a Educação Ambiental no contexto contemporâneo; num segundo momento procuramos refletir em relação à Educação Estética como possibilidade para a sensibilização dos alunos em relação aos estudos de Educação ambiental, a partir de contribuições de autores como Ormezzano (2007) e Duarte Jr. (2006) e, por fim, trazemos algumas possibilidades de sensibilização por meio de possibilidades de ensino e aprendizagem dessa temática nas aulas de Geografia. Os dados empíricos foram obtidos por meio de oficinas pedagógicas realizadas em uma turma de alunos de 9º ano de uma escola do campo de um município localizado no norte do estado do Rio Grande do Sul e resulta em reflexões possíveis a partir de registros fotográficos e observações realizadas durante as aulas, na interação professor-alunos e durante a apresentação dos trabalhos no ambiente escolar.

 

Palavras-Chave: Educação Ambiental. Ensino da Geografia. Educação Estética. Sensibilização.


Palavras-chave


Educação Ambiental; Ensino da Geografia; Educação Estética; Sensibilização.

Texto completo:

AUTORIZAÇÃO ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v12i1.47990



Revista Geografar ISSN: 1981-089X