CARACTERÍSTICAS E CONTRADIÇÕES DAS CIDADES NO CONTEXTO DO AGRONEGÓCIO: UMA ANÁLISE DAS CIDADES DE SAPEZAL (MT) E CHAPADÃO DO SUL (MS)

Danilo Souza Melo

Resumo


O processo de ocupação do antigo Mato Grosso promovido pelo Estado resultou na transferência de grandes quantidades de terras para capitalistas que posteriormente fundaram núcleos urbanos para dar suporte à venda de terras. Alguns destes núcleos ganharam destaque pelo grande crescimento econômico resultante do agronegócio, estas cidades passaram a ser chamadas por alguns pesquisadores de “Cidades do Agronegócio”. Este trabalho tem como objetivo discutir as características e contradições resultantes da reprodução da agricultura capitalista nas cidades de Sapezal (MT) e Chapadão do Sul (MS) no contexto das chamadas cidades do agronegócio. Para tanto, utilizamos uma metodologia baseada em revisão bibliográfica, analise de dados estatísticos e trabalhos de campo com a utilização de entrevistas. Neste trabalho foi possível compreender que a cidade e o campo compõem um território do capital, no qual, intensas contradições são resultantes do seu desenvolvimento.


Palavras-chave


Cidades do Agronegócio, Contradições, Sapezal (MT), Chapadão do Sul (MS), Agricultura Capitalista

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v11i2.47319



Revista Geografar ISSN: 1981-089X