A UTILIZAÇÃO DE PERFIS GEOAMBIENTAIS PARA A IDENTIFICAÇÃO DA VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NA BACIA DO CÓRREGO BIQUINHA, BARBOSA FERRAZ, PARANÁ

Carlos Henrique da Graça, Paulo Miguel de Bodas Terassi, Hélio Silveira, Prycion Carlos de Matia

Resumo


O presente trabalho objetivou a análise a partir da utilização dos perfis geoambientais tendo como base a relação dos aspectos físicos e a interferência do uso e ocupação do solo e as consequentes vulnerabilidades socioambientais para a bacia do Córrego Biquinha, localizado em Barbosa Ferraz, região centro ocidental do Estado do Paraná. O método seguiu a proposta de representação horizontal e vertical do ambiente dos perfis geoambientais, configuradas na abordagem sistêmica de Monteiro (2001). Adaptou-se o método empregado por Graça e Silveira (2009) e Sesco, Graça e Silveira (2010) para identificar a vulnerabilidade socioambiental. A partir do levantamento das características mencionadas anteriormente, a integração e síntese destas informações e das observações em campo, estabeleceu-se um diagnóstico socioambiental que permite subsidiar o estabelecimento do planejamento ambiental da área de estudo. A escolha de três diferentes transectos de acordo com a pluralidade dos componentes do ambiente possibilitou um diagnóstico da bacia em três faixas amostrais ao longo do curso (alto, médio e baixo) e mostrou a vulnerabilidade socioambiental frente à variação do regime pluviométrico, com a intensificação do potencial de processos erosivos, da probabilidade de alagamentos, a retirada de rochas e deposição de sedimentos. A área de estudo apresenta relevantes empecilhos para o uso e ocupação do solo urbano e rural e restrições que são altamente agravadas com a intensificação das chuvas durante o verão e a primavera.


Palavras-chave


Perfil Geoambiental, Cartografia Geoecológica, Vulnerabilidade Socioambiental , Barbosa Ferraz - PR

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v11i2.44558



Revista Geografar ISSN: 1981-089X