INDUSTRIALIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA-PR: PROCESSO INICIAL E TRANSFORMAÇÕES RECENTES

Thiago Bueno Saab, Cláudio Roberto Bragueto

Resumo


O município de Londrina, situado no norte do  Paraná, é o segundo mais populoso do estado. Apresentou um crescimento importante do setor industrial a partir dos anos de 1990, porém, poucos estudos trataram desta temática. O  presente artigo verifica a industrialização do município de Londrina durante o período compreendido entre os anos de 1992 a2011, tendo ainda os seguintes objetivos específicos: analisar a dinâmica industrial londrinense; evidenciar quais são os ramos industriais mais relevantes e efetuar um breve relato sobre a construção histórica da industrialização em Londrina. Também foi realizada uma classifcação metodológica dos níveis de intensidade tecnológica, a qual resultou na agrupação dos ramos industriais em dois grupos: os de menor e os de maior intensidade tecnológica. A metodologia utilizada pautou-se na busca por bibliografias de cunho teórico-conceituais, em especial sobre a reestruturação produtiva recente e sobre a industrialização de Londrina. Os dados sobre estabelecimentos, número de pessoal ocupado e valor adicionado foram obtidos de consultas a bancos de dados do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES) e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), a qual tem vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. Como resultado, fica claro que Londrina tem, desde 1990, um efetivo crescimento industrial, concentrado principalmente nos ramos de menor intensidade tecnológica. Este crescimento ocorreu principalmente em função das condições gerais de produção estabelecidas historicamente, uma vez que o principal instrumento de atração de investimentos adotado pelo estado do Paraná, no período, apresentou um número reduzido de empresas instaladas no município.


Palavras-chave


Industrialização; Dinâmica industrial; Londrina; Intensidade tecnológica industrial

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v10i2.41919



Revista Geografar ISSN: 1981-089X