GEOGRAFIA E EMOÇÕES. PESSOAS E LUGARES: SENTIDOS, SENTIMENTOS E EMOÇÕES

Beatriz Helena Furlanetto

Resumo


As emoções e os sentimentos acompanham os homens ao longo da sua existência, e referem-se aos indivíduos (sentimentos individuais) e aos grupos (sentimentos sociais). Estes, em particular, possuem um papel geográfico: ligam os homens aos seus espaços de vida e influenciam as relações geopolíticas e os projetos de planejamento compartilhado. Ao longo do século XX, a geografia italiana ignorou tais componentes essenciais do mundo moderno, o qual foi abalado pelas paixões conflitantes dos fundamentalismos, dos nacionalismos, das identidades desprezadas que repentinamente ressurgiram. Os lugares estão impregnados de humanidade e de paixões, e sob essa luz devem ser compreendidos, analisados e planejados. Nessa perspectiva nascem as geografias emocionais, cujos objetos de estudo são os territórios emocionais e as paisagens das sensações e dos sentimentos: novas abordagens geográficas que se integram àquelas tradicionais.  


Palavras-chave


Emoções; Sentimentos; Planejamento compartilhado; Geopolítica; Geografia emocional

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v9i1.36829



Revista Geografar ISSN: 1981-089X