MICROCLIMA DE TIPOLOGIAS PAISAGÍSTICAS DO PARQUE MUNICIPAL TINGUI, CURITIBA, PARANÁ

Luciana Leal, Ariadina Maria Reis Almeida, Daniela Biondi, Everaldo Marques Lima Neto, Angeline Martini

Resumo


Os parques urbanos incluem diferentes tipologias paisagísticas e isso irá influenciar suas características microclimáticas. Este trabalho teve como objetivo caracterizar o microclima de tipologias paisagísticas do Parque Municipal Tingui, área verde localizada na região norte da cidade de Curitiba – PR. Seis tipologias paisagísticas foram definidas para análise: “Floresta”; “Árvores esparsas”; “Gramado”; “Lago”; “Rio” e “Superfícies pavimentadas, mobiliários e equipamentos de recreação”. Os resultados mostraram diferenças estatísticas significativas para as variáveis meteorológicas de temperatura e umidade relativa do ar entre as diferentes paisagens analisadas. O comportamento térmico nestas seis tipologias paisagísticas apresentou a seguinte ordem decrescente: superfícies pavimentadas, mobiliários e equipamentos de recreação; gramado; lago; rio; árvores esparsas e floresta. Enquanto que para a umidade relativa do ar a ordem foi: floresta; árvores esparsas; superfícies pavimentadas, mobiliários e equipamentos de recreação; rio; gramado e lago. As paisagens com presença de vegetação – “floresta” e “árvores esparsas” apresentaram menor temperatura e maior umidade relativa do ar do que as outras paisagens analisadas. As paisagens que compreendem a parte da Rua José Valle que corta o Parque e área de estacionamento de veículos apresentaram maior temperatura e menor umidade relativa, sendo consideradas como impactos negativos na amenização térmica do Parque na região.


Palavras-chave


áreas verdes, microclima urbano, dados meteorológicos, temperatura, umidade relativa do ar

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v9i1.29083



Revista Geografar ISSN: 1981-089X