INCLUSÃO DIGITAL EM TELECENTROS E LAN HOUSES: AS NOVAS DINÂMICAS ESPACIAIS DECORRENTES DOS CENTROS PÚBLICOS DE ACESSO À INTERNET NA PERIFERIA DE PORTO ALEGRE/RS

Fernando Dreissig de Moraes, Paulo Roberto Rodrigues Soares

Resumo


A Internet tem proporcionado uma quantidade significativa de transformações na sociedade e, conseqüentemente, no espaço geográfico. No presente trabalho, procuramos enfocar nossa análise na nova forma de exclusão social decorrente da falta ou da precariedade no acesso à Internet: a exclusão digital. Ao mesmo tempo, analisamos se efetivamente ocorre o processo de inclusão digital nos centros públicos de acesso à Internet e quais são as dinâmicas que emergem a partir desses locais, tomando, como recorte espacial, o município de Porto Alegre, principalmente a regiões Norte e Eixo Baltazar. Essa pesquisa demonstrou um panorama atual dos impactos das Tecnologias de Informação e Comunicação e como as mesmas alteram algumas dinâmicas espaciais. Esses centros, sejam eles gratuitos ou pagos, atendem principalmente às camadas da população que não possuem pleno ingresso ao uso de computadores. Os dados obtidos na pesquisa demonstram que, embora haja uma diferença em termos de perfil socioeconômico entre usuários de centros de acesso, existem muitas semelhanças nos usos e na importância adquirida pela Internet para os mesmos. Ao mesmo tempo, foi possível constatar que os centros públicos representam apenas uma entre outras possibilidades de entrada, fato que evidencia uma maior facilidade de obter acesso à Internet atualmente, mesmo que a posse de um computador ainda esteja restrita a uma minoria da população brasileira. As políticas públicas de inclusão digital continuam sendo importantes para o aumento da acessibilidade.

Palavras-chave: Centros públicos de acesso à Internet, Inclusão Digital, Internet. Ciberespaço, Porto Alegre.


Palavras-chave


Centros públicos de acesso à Internet; Inclusão Digital; Internet; Ciberespaço; Porto Alegre.

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v6i1.21806



Revista Geografar ISSN: 1981-089X