TERRITÓRIO: UMA COMBINAÇÃO DE ENFOQUES – MATERIAL, SIMBÓLICO E ESPAÇO DE AÇÃO SOCIAL

Carla Holanda da Silva

Resumo


O presente artigo tem como temática uma recapitulação do conceito de território, desde seu significado etimológico, passando por suas raízes evolução na ciência geográfica, caminhando para uma discussão do conceito em outras ciências sociais. A discussão aqui estabelecida pretende abordar aspectos materiais, referência ao Estado-Nação discutida por Claude Raffestin (1993), o enfoque simbólico  e também material, que retrata duas dimensões do território, a do pensamento e a do desejo exposta por Deleuze e Guattari (1996;1997), finalizando  a discussão na abordagem do território como um espaço de Ação Social abordado por Antony Giddens ( 1991). Tal arcabouço teórico foi utilizado como base para o desenvolvimento da dissertação de mestrado intitulada  “O encontro de territorialidades na diáspora: Japoneses e Nordestinos em Assaí-PR.” A mesma, buscou discutir encontros de territorialidades de grupos migrantes distintos e com identidades culturais marcantes em um território comum, o município de Assaí. Dessa maneira, nesse artigo procurou-se estabelecer uma discussão teórica acerca do conceito de território  proposto por diferentes autores e sobre enfoques distintos, que não são restritos apenas ciência geográfica, mas discutem em outras áreas do saber.

Palavras-chave


Território; Material-simbólico; Pensamento-desejo; Espaço Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v4i1.14430



Revista Geografar ISSN: 1981-089X