COMUNIDADES DE FAXINAL E SUAS DINÂMICAS SÓCIO-ESPACIAIS: DA FORMAÇÃO À DESAGREGAÇÃO DE UMA TRADIÇÃO NO MUNICÍPIO DE TIBAGI (PR) – UM ESTUDO SOBRE O FAXINAL DOS EMPOÇADOS

Douglas Grzebieluka, Cicilian Luiza Löwen Sahr

Resumo


Este artigo busca analisar as transformações sócio-espaciais de comunidades rurais de Tibagi (PR), especialmente do Faxinal dos Empoçados, cuja estrutura de ocupação apresentou e/ou ainda apresenta características de Faxinal. Através do resgate histórico procura-se compreender os processos que ocasionaram a formação e a ruptura deste modelo singular de desenvolvimento agrosilvipastoril – o Sistema Faxinal. Na dinâmica econômica vivenciada por Tibagi, desde os seus primórdios até a atualidade, as comunidades de faxinal apresentaram seu auge no período do chamado “Tropeirismo de Porco”. A partir de então, a modernização da agricultura e da sociedade foi introduzindo processos homogeneizantes que pouco lugar deixava as comunidades tradicionais, levando a uma desagregação desta tradição no Município.


Palavras-chave


Faxinais; Dinâmica Sócio-espacial; Tibagi(PR)

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v4i1.14427



Revista Geografar ISSN: 1981-089X