Projeções de atrasos e hesitações: perspectivas em torno de um projeto de aceleração em uma escola pública do Rio de Janeiro (RJ)

Mario Pereira Borba

Resumo


Neste artigo, abordo a experiência de um projeto de adaptação idade-série ou de aceleração, relativo ao segundo ciclo do Ensino Fundamental (do sexto ao nono ano), a partir de uma etnografia que realizei em uma escola pública do Rio de Janeiro (RJ). Percorro diferentes perspectivas sobre a situação e os percursos dos jovens que compuseram suas duas turmas, em diálogo com os agrupamentos e trocas que esse projeto promoveu. Exploro projeções sobre atraso e aceleração na aprendizagem, do ponto de vista tanto de professores, quanto dos estudantes envolvidos. Diante de uma salutar hesitação que insiste entre perguntas e respostas que o fenômeno da multirrepetência nos coloca, destaco uma paradoxal desaceleração que essa experiência operou.


Palavras-chave


Escolarização; Projeto de aceleração; Repetência; Fracasso escolar

Texto completo:

PDF

Referências


Angelucci, Carla, Jaqueline Kalmus, Renata Paparelli, Maria Helena Patto. 2004. “O estado da arte da pesquisa sobre fracasso escolar (1991-2002): um estudo introdutório”. Educação e Pesquisa 30(1): 51-72. doi: https://doi.org/10.1590/S1517-97022004000100004

Ariès, Philippe. 1978. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Zahar.

Bahia, Norinês. 2009. “Formação de professores em serviço: fragilidades e descompassos no enfrentamento do fracasso escolar”. Educação e Pesquisa 35(2): 317-329. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022009000200007

Borba, Mario. 2019. Entre produtividades, compassos e dispersões: mobilizações de atenção e cuidado no cotidiano escolar. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal Fluminense.

Borba, Mario e Rogerio Azize. 2020. “Engajamentos, aprendizados, sistematizações: reflexões sobre um projeto de aceleração”. Revista Contemporânea de Educação 15(32): 66-82. doi: http://dx.doi.org/10.20500/rce.v15i32.33603

Bossa, Nádia. 2008. Fracasso escolar: um olhar psicopedagógico. São Paulo: Artmed.

Bourdieu, Pierre. 1983. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero.

Bourdieu, Pierre (coord). 2003. A miséria do mundo. Petrópolis: Vozes.

Carvalho, Marília. P. 2003. “Sucesso e fracasso escolar: uma questão de gênero”. Educação e Pesquisa 29(1): 185-93. doi: https://doi.org/10.1590/S1517-97022003000100013

Cury, Carlos. 1988. Ideologia e educação brasileira: católicos e liberais. São Paulo: Cortez.

Deleuze, Gilles. 2010. Conversações. São Paulo: Ed. 34.

Fischer, Rosa M. B. 1996. Adolescência em discurso: mídia e produção de subjetividade. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Fonseca, Maria. 2001. Discurso, memória e inclusão: reminiscências da matemática escolar de alunos adultos do ensino fundamental. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Campinas.

Foucault, Michel. 2012. História da sexualidade 1: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal.

Franch, Mónica. 2008. Tempos, contratempos e passatempos: um estudo sobre práticas e sentidos do tempo entre jovens de grupos populares do Grande Recife. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Franch, Mónica. 2016. Tardes ao léu: uma etnografia sobre o tempo livre entre jovens de periferia do Recife. João Pessoa: Editora da UFPB.

Franch, Mónica. 2018. “De tempos em tempos: reflexões sobre a categoria de tempo nos estudos sobre juventudes”. Revista TOMO 32: 99-128. doi: 10.21669/tomo.v0i32.8838

Goldman, Marcio. 2016. Mais alguma antropologia. São Paulo: Ponteio.

Guedes, Simoni. 1997. Jogo de corpo: um estudo da construção social de trabalhadores. Niterói: EDUFF.

Gusmão, Neusa. 2014. “Trajetória, percalços e conquistas na antropologia da educação no Brasil”. Pp 13-24 in Abordagens etnográficas sobre educação: adentrando os muros das escolas, org. S. L. Guedes & T. Cipiniuk. Rio de Janeiro: Alternativa.

Lima, Alef. 2018. “Onde há uma vontade há um caminho”: uma etnografia da escolarização tardia na EJA do Colégio Aplicação/UFRGS. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Mauss, Marcel. 2010. “Três observações sobre a sociologia da infância”. Pró-posições 21(3): 237-244. doi: https://doi.org/10.1590/S0103-73072010000300014

Patto, Maria Helena. 2015. A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia. São Paulo: Intermeios.

Pereira, Alexandre. 2010. “A maior zoeira”: experiências juvenis na periferia de São Paulo. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Universidade de São Paulo.

Santos, Geovânia. 2003. “Educação ainda que tardia: a exclusão da escola e a reinserção de adultos das camadas populares em um programa de EJA”. Revista Brasileira de Educação 24:107-125. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-24782003000300009

Schneider, Dorith. 2003. “‘Alunos Excepcionais’: um estudo de caso de desvio”. Pp 52-81 in Desvio e Divergência: uma crítica da patologia social, org. G. Velho. Rio de Janeiro: Zahar.

Silva, Jailson S. 2011. “Por que uns e não outros?”: caminhada de jovens pobres para a universidade. Rio de Janeiro: 7 Letras.

Stengers, Isabelle. 2018. “A proposição cosmopolítica”. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 69: 442-464. doi: https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i69p442-464

Willis, Paul. 1991. Aprendendo a ser trabalhador. escola, resistência e reprodução social. Porto Alegre: Artes Médicas.

Zago, Nadir. 2000. “Quando os dados contrariam as previsões estatísticas: os casos de êxito escolar nas camadas socialmente desfavorecidas”. Paidéia 10(18): 70-80. doi: https://doi.org/10.1590/S0103-863X2000000100007




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cra.v21i2.73350

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM