ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DO ÓLEO ESSENCIAL DO CAPIM LIMÃO (Cymbopogon citratus) E SUA INTERAÇÃO COM OS COMPONENTES DOS ALIMENTOS

TEREZINHA FEITOSA MACHADO, RITA DE CÁSSIA ALVES PEREIRA, CIVITA TEIXEIRA DE SOUSA, VALÉRIA CHAVES VASCONCELOS BATISTA

Abstract


Cymbopogon citratus (DC) Stapf e o efeito dos componentes dos
alimentos sobre sua efi cácia. O potencial antimicrobiano do óleo foi
determinado pela presença de zona de inibição de crescimento e
concentração inibitória mínima contra Listeria monocytogenes, L.
innocua, Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas
aeruginosa e Salmonella choleraesuis. O efeito dos componentes
dos alimentos e do pH sobre a efi cácia antimicrobiana do óleo
foi monitorado pelo crescimento de L. monocytogenes em meios
de cultura modelos, constituídos de amido de batata (0, 1, 5 e 10
%), extrato de carne (1,5, 3, 6 e 12 %), óleo de girassol (0, 5 e
10 %) e caldo tripticase de soja (TSB) em pH 4, 5, 6 e 7. O OE
mostrou efi cácia contra todas as espécies bacterianas testadas. O
efeito antimicrobiano do óleo variou em função da concentração
do componente manipulado. Proteínas e lipídios apresentaram
impacto negativo na efi cácia do OE; quanto maior a concentração
destes componentes nos meios maiores foram as médias do
crescimento bacteriano. O amido apresentou impacto negativo na
efi cácia do óleo nas concentrações de 1 % e 5 %. Contudo, na
mais alta concentração avaliada (10 %) observou-se um declínio no
crescimento bacteriano. A atividade antimicrobiana do OE aumentou
com a diminuição do pH. Os resultados deste estudo comprovaram
a efi cácia antimicrobiana do OE do C. citratus para agentes
patogênicos e bactérias deterioradoras de alimentos, verifi cando-se
maior efi ciência em alimentos proteicos e amiláceos em pH ácido.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cep.v33i1.43803

Boletim Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos. ISSN:19839774