RECONSTRUINDO A IMAGEM/IDENTIDADE DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL: A “ERA PÓS-DUNGA” NA MÍDIA

Lyana Virgínia Thediga Miranda, Giovani De Lorenzi Pires

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo identificar e analisar o discurso midiático como interlocutor social do projeto de reconstrução da imagem da seleção brasileira de futebol no período denominado Era pós-Dunga. Para tanto, apoia-se em bases teóricas sobre questões de identidade, nacionalismo e comportamento midiático, relacionando-os ao esporte (neste caso, o futebol). O corpus de pesquisa é formado por 38 matérias jornalísticas veiculadas em meios impressos, digitais e televisivos, examinados por meio da Análise de Conteúdo (AC) e de aproximações aos princípios da Análise do Discurso (AD). A pesquisa demonstrou que, ao serem institucionalizados e alavancados pela cobertura midiática, a celebração do nacionalismo, o sentimento de “brasilidade” e a autoestima afloram e materializam significados do “ser brasileiro” numa só representação: a seleção brasileira de futebol, tomada por táticas simbólicas de união e identificação da audiência pela mídia, como espelho da imagem do próprio país. 


Palavras-chave


Futebol; Identidade; Discurso midiático; Copa do Mundo da FIFA.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/alesde.v2i1.25069