Platynosomum illiciens (TREMATODA: DICROCOELIDAE) EM SAGUI (Callithrix spp.) NO MUNICÍPIO DE SEROPÉDICA, RJ - RELATO DE CASO

Rayane Christine Pereira de Assis, Debora Azevedo Borges, Carlos Alexandre Rey Matias, Julia Aline Santos de Mello, Carlos Wilson Gomes Lopes, Diefrey Ribeiro Campos, Barbara Rauta de Avelar, Fabio Barbour Scott

Resumo


A espécie Platynosomum illiciens é um trematódeo do trato biliar, principalmente de felídeos, tendo sido relatado também em aves e outras espécies de mamíferos como em primatas não humanos. Portadores de uma ampla variação morfológica, o gênero Platynosomum é discutido por diversos autores quanto as suas características morfológicas. O objetivo deste estudo foi identificar e relatar o parasitismo por P. illiciens em um primata não humano do gênero Callithrix que vivia em um Centro de Triagem de Animais Silvestres no município de Seropédica RJ. O diagnóstico foi através de técnicas coproparasitológicas, avaliação morfológica de espécimes adultos recuperados através de necrópsia e análise molecular. A avaliação da amostra fecal foi realizada com as técnicas coproparasitológicas centrífugo flutuação simples com solução de sacarose e sedimentação em formalina-éter. Onde, foram encontrados ovos de coloraçao marrom, ovalados, operculados e com um miracidio em seu interior. A análise morfológica dos ovos indicou as dimensões dos diâmetros maior e menor, respectivamente, como 41,24µm (32,62- 46,76) e 28,13µm (22,05-37,67), com média de 1,79µm de espessura de parede. A análise morfológica dos espécimes adultos foi feita após o animal vir a óbito naturalmente.  A mensuração foi feita a partir das medidas de comprimento e largura, respectivamente, do corpo (6013-1367 µm), ventosa oral (418-409 µm), faringe (107-127 µm), acetábulo (403-418 µm), testículo direito (846-470 µm), testículo esquerdo (910-515 µm), ovário (385-281 µm) e bolsa do cirro (500-145 µm). A detecção de DNA do trematódeo foi realizada por meio da reação em cadeia da polimerase (PCR). As sequências obtidas foram analisadas e comparadas aos isolados disponíveis na base de dados da plataforma GenBank. A análise filogenética indicou que as sequências dos fragmentos de rDNA 18S-ITS1-5.8S amplificadas a partir do trematódeo em questão, mostraram 100% de similaridades nucleotídicas com as sequências do GenBank KU987674 e MH156567 depositadas como derivadas de P. fastosum e P. illiciens recuperadas de fígado de gatos no Vietnã e nos Estados Unidos, respectivamente, concluindo que a espécie analisada se trata do P. illiciens.


Palavras-chave


diagnóstico molecular; diagnóstico morfológico; diagnóstico parasitológico; primatas não humanos; trematoda

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v15i5.77076

 Creative Commons License

BASE DE DADOSScopus  Sumário.Org  Google Scholar  BASE  Dimensions  DIRETÓRIOS:  Open Air  Genamics  EZB  Diretório Luso brasileiro  ROAD  Latindex  REDIB  Journal 4-free  PORTAIS:  LiVre  Capes  Science Open  World Wide Science  ÍNDICES:  Index Copernicus  Cite Factor