DESENVOLVIMENTO COLONIAL DA ABELHA SEM FERRÃO JANDAÍRA (Melipona subnitida Ducke) NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

Daniel de Freitas Brasil, Izabel Christina de Alencar Regis, Laênia Maria Campêlo de Freitas, Michelle de Oliveira Guimarães-Brasil

Resumo


Muitos fatores podem influenciar no desenvolvimento populacional das colônias, podendo estes serem internos ou externos à colmeia. Diante disso, objetivou-se acompanhar o estado de desenvolvimento de colônias de abelhas jandaíra (Melipona subnitida) por meio da análise da taxa de postura nos discos de cria mais superficiais. A coleta de dados deu-se por meio da contagem de células de cria visíveis nos discos mais superficiais. Cinco colônias de M. subnitida nidificadas em um meliponário localizado em Pau dos Ferros/RN foram fotografadas semanalmente, durante um período de 8 semanas consecutivas. A partir da contagem de células constatou-se que a abelha sem ferrão M. subnitida apresentou uma quantidade média de células de crias nos discos mais aparentes estimada em 206 ± 53. Taxas positivas e negativas de crescimento foram verificadas durante o período de tempo avaliado, apresentando também uma falta de padrão oscilatório para todas as colônias observadas. Isto indicou que esta espécie de abelha pode ser afetada por diversos fatores como a genética, manejo ou mesmo a disponibilidade de alimento no espaço circundante ao meliponário. Os dados apresentados podem vir a contribuir para futuras análises comportamentais, provendo maiores informações a respeito de sua biologia e utilização em atividades sustentáveis como a meliponicultura.

Palavras-chave


discos de cria; meliponíneos; taxa de postura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v26i1.74464

 Creative Commons License

BASE DE DADOSScopus  Sumário.Org  Google Scholar  BASE  Dimensions Ebsco: Academic Search Premier

DIRETÓRIOS:  Open Air  Genamics  EZB  Diretório Luso brasileiro  ROAD  Latindex  REDIB  Journal 4-free 

PORTAIS:  LiVre  Capes  Science Open  World Wide Science 

ÍNDICES:  Index Copernicus  Cite Factor