QUALIDADE ÓSSEA, EXCREÇÃO MINERAL E DIGESTIBILIDADE DA MATÉRIA SECA DE GALINHAS ALIMENTADAS COM CAULIM NO FINAL DO CICLO PRODUTIVO

Túlio Leite Reis, Juan Carlos Palomino Quintero, Felipe Dilelis, José Evandro de Moraes, Carla Cachoni Pizzolante Cachoni Pizzolante, Ligia Fátima Lima Calixto

Resumo


O caulim adsorve toxinas e patógenos no trato gastrointestinal permitindo maior digestão e absorção de nutrientes, podendo propiciar melhor qualidade óssea de poedeiras na fase final de produção, mas adsorção de minerais, redução da digestibilidade da ração, também podem ser observados, dependendo do nível de inclusão da argila. Portanto o objetivo deste estudo é verificar a inclusão de caulim na ração de galinhas poedeiras semipesadas no final do ciclo produtivo e sua influência sobre a digestibilidade aparente da matéria seca, retenção e excreção mineral e qualidade óssea. Foram alojadas 144 galinhas em delineamento inteiramente casualizado, em seis tratamentos: controle (sem a inclusão do aditivo); e inclusão de 1, 2, 3, 4 e 5% de caulim na dieta. Às 85 semanas de idade das aves foram mensuradas a digestibilidade aparente da matéria seca da ração (Digap), a excreção e retenção de matéria mineral, e a excreção de cálcio e fósforo, para qualidade óssea foram mensurados o índice Seedor e a matéria mineral e resistência a quebra da tíbia. Após análise de variância, os dados foram submetidos à analise de regressão ao nível de significância de 5%. A Digap e a excreção de matéria mineral pioraram (P<0,05) com a elevação da concentração de caulim na ração, já a retenção de matéria mineral se comportou de maneira quadrática, não houve diferença significativa (P>0,05) na excreção de cálcio e fósforo. O índice de seedor aumentou de maneira linear (P<0,05), não havendo diferença significativa para os demais parâmetros ósseos (P>0,05). A inclusão de caulim favoreceu a retenção de minerais e a qualidade óssea em galinhas poedeiras no final do ciclo produtivo, não promovendo alteração na retenção do cálcio e do fósforo e reduziu a digestibilidade da ração.


Palavras-chave


nutrição de aves; medicina veterinária; zootecnia;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v25i2.72441

 Creative Commons License