TOPOGRAFIA DO CONE MEDULAR EM UM GATO MOURISCO, Herpailurus yagouaroundi (Severtzow, 1858)(FELIDAE)

S.F.M. CARVALHO, A.L.Q. SANTOS, R.H. AVILA JUNIOR, M.B. ANDRADE, L.M. MAGALHÃES, F.M. MORAES, P.I.R. RIBEIRO

Resumo



A anestesia caudal foi proposta pela primeira vez em 1926 e diversas técnicas foram
desenvolvidas para anestesiar os nervos espinhais lombares e sacrais. Os métodos para anestesia
epidural exigem conhecimento da anatomia da região envolvida. O objetivo deste estudo foi determinar
a topografia do cone medular do gato mourisco, tornando possível a realização desta técnica
anestésica em um felino silvestre de nossa fauna. Uma gata mourisca, adulta, proveniente do
Zoológico Parque do Sabiá, Uberlândia-MG, foi encaminhado ao Laboratório de Pesquisa em Animais
Silvestres (LAPAS), com o objetivo de determinar a topografia do cone medular para tornar possível
a realização desta técnica anestésica em um felino silvestre de nossa fauna. Este animal foi fixado
em solução de formol a 10%. Feita incisão de pele, os músculos da coluna vertebral foram retirados,
os arcos vertebrais foram seccionados para visualização da medula espinhal e seus envoltórios. O
cone medular neste animal iniciou-se na sexta vértebra lombar (L6) e terminou na segunda vértebra
sacral (S2), com comprimento total de 50mm. O comprimento corporal deste felino foi de 473mm.
Conclui-se que o melhor local para a anestesia epidural do membro pélvico no gato mourisco está
entre as vértebras L6 e S2.

Topographycal study on the medullar cone in jaguarundi, Herpailurus yagouaroundi
(Severtzow,1858)(FELIDAE

Abstract


Since the caudal anesthesia was first proposed in 1926 many techniques were
developed to anesthethize the lumbar and sacral nerves. Such methods for epidural anesthesia
require knowledge of the relative anatomical regions. The objetive of the present study was to determine
the topographic anatomy of the jaguarundi medullar cone as a morphological basis for application of
anesthesis techniques. One adult female jaguarondi that perished by natural death has been obtained
form the Sabiá Zoo Park, Uberlândia, MG, Brazil and conducted to tha Wild Animals Laboratory. The
animal was fixes in 10% formalin solution. Following skin incision, muscles of the vertebral column
were removed and the vertebral arcs sectioned for the visualization of hte spinal cord and its wrappers.
Epidural anesthesic drug in the medullar cone. The medullar cone in this jaguarundi startet in the
sixth lumbar vertebra (L6) and ended in the second sacral vertebra (S2); the spinal cord length was
50mm. The corporal length of this feline measured 473mm. The best region to perform the pelvic
anesthesia in a jaguarundi is between the vertebra L6 and S2.


Palavras-chave


medula espinhal; cone medular; gato mourisco; Herpailurus yagouaroundi; spinal cord; medullar cone; jaguarundi

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v8i2.4031

 Creative Commons License

BASE DE DADOSScopus  Sumário.Org  Google Scholar  BASE  Dimensions Ebsco: Academic Search Premier

DIRETÓRIOS:  Open Air  Genamics  EZB  Diretório Luso brasileiro  ROAD  Latindex  REDIB  Journal 4-free 

PORTAIS:  LiVre  Capes  Science Open  World Wide Science 

ÍNDICES:  Index Copernicus  Cite Factor