HERDABILIDADE E CORRELAÇÕES GENÉTICAS, FENOTÍPICAS E AMBIENTAIS PARA PESOS EM DIFERENTES IDADES DE BOVINOS DA RAÇA TABAPUÃ

P. B. FERRAZ FILHO, A. A. RAMOS, L. O. C. SILVA, J. C. SOUZA, M. M. ALENCAR

Resumo



O conhecimento dos parâmetros genéticos, fenotípicos e ambientais de
características de valor econômico é de fundamental importância para o delineamento de
programas de seleção em bovinos de corte, pois permite antever a possibilidade de sucesso
com a seleção. O objetivo deste trabalho foi obter estimativas de herdabilidade e de
correlações genéticas, fenotípicas e ambientais, para os pesos ao desmame (P205), aos
doze meses (P365) e aos 18 meses (P550) de idade de zebuínos da raça Tabapuã. Os
dados, referentes a 15.358 animais, foram analisados pelo método da máxima
verossimilhança restrita livre de derivadas (DFREML). O modelo para P205 incluiu os efeitos
aleatórios aditivos direto e materno e de ambiente permanente e os efeitos fixos de grupo de
contemporâneos (fazenda, unidade da federação, sexo, estação e ano de nascimento do
animal) e da covariável idade da vaca ao parto (efeitos linear e quadrático). Para P365 e
P550, utilizou-se um modelo semelhante, porém sem os efeitos aditivos materno, de
ambiente permanente e da idade da vaca. As estimativas de herdabilidade foram iguais a
0,23; 0,21 e 0,15, para P205, P365 e P550, respectivamente. As estimativas de correlações
genéticas foram iguais a 0,81 (P205 e P365), 0,83 (P205 e P550) e 0,82 (P365 e P550). As
correlações fenotípicas foram menores que as correlações genéticas: 0,43 (P205 e P365),
0,53 (P205 e P550) e 0,62 (P365 e P550). As correlações de ambiente apresentaram os
valores de 0,32; 0,27 e 0,58 para as três características, em ordem crescente de idade,
respectivamente.

Heritability and genetic, phenotypic and environmental correlations for weight at
different ages in bovines of tabapuã breed

Abstract


Knowledge of the genetic, phenotypic and environmental parameters of traits
of economical value has fundamental importance for the outlaying of selection programs in
beef cattle, because it allows to foresee the possibility of success with selection. The
objective of this work was to obtain estimates of heritability and genetic, phenotypic and
environmental correlations for body weights at weaning (W205), one year (W365) and 18
months of age (W550) of bovines from Tabapuã breed. The data, referring to 15,358
animals, were analyzed by the derivative-free restricted maximum likelihood (DFREML)
method. The model for W205 contained the random effects of animal, sire and dam and the
fixed effects of contemporary groups (farm, unit of the federation, sex, season and year of
birth of the animal) and the co-variable age of cow at calving (linear and quadratic). For
W365 and W550, a similar model was used, however without the maternal effects and the
covariable age of the cow. The heritability estimates were 0.23, 0.21 and 0.15, for W205,
W365 and W550, respectively. The estimates of genetic correlations were 0.81 (W205 and
W365), 0.83 (W205 and W550) and 0.82 (W365 and W550). Phenotypic correlations were, in general, smaller than the genetic correlations: 0.43 (W205 and W365), 0.53 (W205 and
W550) and 0.62 (W365 and W550). Environmental correlations were, in increasing order of
age, 0.32, 0.27 and 0.58, respectively.


Palavras-chave


gado de corte; herdabilidade; correlações; pesos corporais; raça Tabapuã. beef cattle; body weights; heritability; correlations; Tabapuã breed.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v7i1.3970

Archives of Veterinary Science. ISSN: 1517-784X