Open Journal Systems

HEMATO-BIOCHEMICAL RESPONSE TO EXERCISE WITH ERGOMETRIC TREADMILL, MOUNT TRAINING AND COMPETITION IN JUMPING HORSES

Valesca Peter Dos Santos, Felix Diaz Gonzalez, Jarbas Francisco da Costa Castro Jr, Tiane Ferreira Castro

Abstract


Este estudo objetivou avaliar as variações hematológicas e bioquímicas que ocorrem em diferentes protocolos de exercícios em equinos de salto. Foram utilizados 17 equinos da raça de salto Brasileiro de Hipismo, entre 5 e 12 anos. Todos os animais foram submetidos aos seguintes protocolos de exercício: repouso (controle); esteira ergométrica (40 min a 5 m/s); treinamento montado (40 min, sendo 10 min ao passo, 20 min ao trote, 10 min ao galope); e competição (prova de salto a 350 m/min, obstáculos com 1,20 m de altura e percurso de 430 m). Foram realizadas coletas de sangue e verificação da frequência cardíaca com os animais em repouso (controle) e imediatamente após o término dos protocolos de exercício. As avaliações sanguíneas abrangeram contagem de eritrócitos e leucócitos totais, hematócrito, concentração de hemoglobina, proteínas plasmáticas totais, creatina quinase (CK), lactato desidrogenase (LDH), aspartato transaminase (AST), fosfatase alcalina (FA), lactato, glicose, bicarbonato, ureia, creatinina, sódio e potássio. Em relação ao grupo controle, o exercício em esteira ergométrica apresentou variações significativas apenas em hematócrito, frequência cardíaca, potássio e creatinina. O treinamento montado e a competição apresentaram aumentos nas concentrações de proteína, CK, LDH, FA e potássio com relação aos demais protocolos de exercício. Hemoglobina e lactato aumentaram apenas no grupo de competição. A concentração de glicose reduziu em todos os grupos experimentais quando comparada ao grupo em repouso. A frequência cardíaca, a creatinina, número de eritrócitos, hematócrito e FA apresentaram aumento progressivo conforme a intensidade de exercício. Não houve alterações nos valores de AST, ureia e sódio. Conclui-se que os diferentes protocolos de exercício em equinos de salto promovem diferentes respostas nos parâmetros hemato-bioquímicos.


Keywords


enzimas clínicas; fisiologia do exercício

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v20i2.36617