Open Journal Systems

COLESTEROL E BETA-HIDROXIBUTIRATO SÉRICO EM VACAS COM HIPOCALCEMIA SUBCLÍNICA

Lucas Fabio Huf, Viviane Marques Guyoti, Jose Francisco Manta Bragança, Jose Francisco Xavier da Rocha, Paulo Eduardo Bennemann, Ricardo Xavier da Rocha

Abstract


O objetivo deste trabalho foi avaliar os níveis de colesterol e beta-hidroxibutirato sérico em vacas leiteiras com hipocalcemia subclínica. Para isso foram utilizadas 14 vacas leiteiras da raça Holandesa no período de transição. O experimento foi dividido em duas etapas, onde na primeira os animais foram acompanhados quanto ao pH urinário no pré-parto e os níveis de cálcio sérico nos três primeiros dias pós-parto. Na segunda etapa, os animais foram divididos em dois grupos a partir dos níveis de cálcio sérico até as 24 horas pós-parto, sendo: G1: (n=6) animais com cálcio sérico acima de 8 mg/dL e G2 (n=8) animais com cálcio sérico inferior a 8 mg/dL. Foram avaliados os níveis de colesterol sérico no segundo e décimo dias pós-parto e os níveis de beta-hidroxibutirato sérico no décimo dia pós-parto. Observou-se uma redução nos valores de colesterol sérico tanto no segundo como no décimo dia pós-parto e um aumento nos níveis de beta-hidroxibutirato sérico no G2 quando comparado ao G1. Assim, pode-se concluir que a hipocalcemia subclínica afeta negativamente o metabolismo energético, isto demonstrado pela redução dos valores de colesterol sérico e elevação dos níveis séricos de beta-hidroxibutirato.

Keywords


balanço energético, cetose, período de transição; insulina.



DOI: http://dx.doi.org/10.5380/avs.v20i2.35247