PERCEPÇÃO AMBIENTAL SOBRE A ARBORIZAÇÃO URBANA NO BAIRRO SANTA TEREZA, TEFÉ, AMAZONAS, BRASIL

Miely Oliveira dos Santos, Lizane Paula Santos de Souza Maia, Eudivane Dutra de Oliveira, João Cândido André da Silva Neto, Wilsandrei Cella

Resumo


Nas últimas décadas a população mundial passou a se concentrar nos centros urbanos, fazendo com que as cidades crescessem e houvesse retirada das espécies nativas para a ocupação dos espaços. Para amenizar os problemas originados pela urbanização é necessário incluir a vegetação como um fator indispensável. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a percepção dos moradores do bairro Santa Tereza em relação à arborização local. A metodologia empregada para realização do presente estudo foi fundamentada em entrevistas estruturadas contendo questões abertas e fechadas, realizada por amostragem probabilística. Os resultados obtidos indicaram que os moradores possuem uma boa percepção ambiental sabendo identificar benefícios e desvantagens reconhecendo a importância da arborização. No entanto, não possuem um conhecimento adequado sobre quem seria o responsável para fazer plantios e manutenções. Por meio desta pesquisa percebeu-se que os munícipes entrevistados estão dispostos a apoiar leis e contribuir para a arborização urbana. Conclui-se assim a necessidade de elaboração de programas de sensibilização e educação ambiental à população, assim como a formulação de políticas públicas voltados para a arborização urbana.


Palavras-chave


Políticas públicas; Educação ambiental; Árvores; Amazônia

Texto completo:

ARTIGO AUTORIZAÇÃO

Referências


ARAÚJO, A. C. de; RIBEIRO, I. A. M.; MORAIS, M. dos S.; ARAÚJO, J. de L. O. Análise quali-quantitativa da arborização no bairro Presidente Médici, Campina Grande-PB. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v.4, n.1, p.133-134, 2009.

ARAÚJO, J. de L. O.; ARAÚJO, A. C. de; ARAÚJO, A. C de. Percepção ambiental dos residentes do bairro Presidente Médici em Campina Grande - PB, no tocante à arborização local. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba, v. 5, n. 2, p. 67-81, 2010.

ARAÚJO, M. N. de; ARAUJO, A. J. de. ARBORIZAÇÃO URBANA. Série de Cadernos Técnicos Curitiba: CREA-PR, 2011.

AYRES, J. M. C. As Matas de Várzea do Mamirauá. Brasília: CNPQ. 1995. 127 p.

BRASIL. Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001. Regulamenta os arts. 182 e 183 da Constituição Federal, estabelece diretrizes gerais da política urbana e dá outras providências. Disponíveis em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10257.htm>. Acesso em: 23 de agosto de 2017.

BRASIL. Lei nº 12.651, de 25 de maio 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nos 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória no 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 23 de agosto de 2017.

BRUN, F. G. K; FUCHS, R. H.; BRUN, E. J.; ARAUJO, L. E. B. de. Legislações municipais do rio grande do sul referentes à arborização urbana – estudo de casos. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba, v.3, n.3, p. 44-64, 2008.

COELHO, F. do N.; LINHARES, M.A.S. Compensação ambiental aplicada na arborização urbana da cidade de Vitória – ES. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v.1, n. 1, p. 45-55, 2006.

COSTA, R. G. S.; COLESANTI, M. M. A contribuição da percepção ambiental nos estudos das áreas verdes. RA´E GA, Curitiba, v. 22, n. 2, p. 238-251, 2011.

GROSS, A.; DORS, P.; CAMPOS, K. A. de; SILVA, A.C. da; HIGUCHI, P. Percepção dos moradores e avaliação da arborização em bairros periféricos na cidade de Lages, SC. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.7, n.2, p.24-36, 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico 2010. Disponível em: Acesso em: 6 abril 2016.

LACERDA, N. P.; SOUTO, P. C.; DIAS, R. S.; SOUTO, L. S.; SOUTO, J. S. Percepção dos residentes sobre a arborização da cidade de são José de piranhas-PB. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.5, n.4, p. 81-95, 2010.

MAIA, L. P. S. de S.; OLIVEIRA, E. D. de; SANTOS, M. O. dos; CELLA, W. Estudo da percepção ambiental sobre arborização urbana no bairro fonte boa, Tefé-amazonas, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.12, n.2, p. 48-61, 2017.

MALAVASI, U. C.; MALAVASI, M. de M. Avaliação da arborização urbana pelos residentes – estudo de caso em Mal. Cândido Rondon, Paraná. Revista Ciência Florestal, v.11, n.1, p.189-193, 2001.

MINHOTO, E. S.; MONTEIRO, E. A.; FISCH, S. T. V. Arborização viária na cidade de Taubaté, SP: no centro comercial histórico e um bairro residencial moderno. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.4, n.2, p.82-96, 2009.

MONTEIRO, M. M. G.; TETTO, A. F.; BIONDI, D.; SILVA R. R. de S. Percepção dos usuários em relação à arborização da avenida Cândido de Abreu - Curitiba - PR. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba - SP, v. 8, n. 2, p. 20-34, 2013.

OLIVEIRA FILHO, P. C. de; ANDRADE, A. R. de; HABERLAND, N. D.; POTIKER, G. S.; SILVA, F. C. B. A importância das áreas verdes em uma cidade de pequeno porte: estudo de caso na cidade de Irati-PR. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.8, n.1, p.89-99, 2013.

PAIVA, H. N.; GONÇALVES, W. Árvores para o ambiente urbano. Viçosa: Editora Aprenda Fácil, 2004.

PIZZIOLO, B.V; TOSTES, R.; SILVA, K.; ARRUDA, V.M. Arborização urbana: Percepção ambiental dos moradores dos bairros Bom Pastor e Centro da cidade de Ubá/MG. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental-REGET, v. 18, n. 3, p. 1162-1169, 2014.

RAMALHO, E. E.; MACEDO, J.; VIEIRA, T. M.; VALSECCHI J.; CALVIMONTES, J.; MARMONTEL, M.; QUEIROZ, H. L. Ciclo hidrológico nos ambientes de várzea da reserva de desenvolvimento sustentável Mamirauá – médio rio Solimões, período de 1990 a 2008. Uakari, Tefé, v.5, n.1, p. 61-87, jun./jul., 2009.

RODRIGUES, M. L. MALHEIROS, T. F.; FERNANDES, V. DARÓS, T. D. A Percepção Ambiental Como Instrumento de Apoio na Gestão e na Formulação de Políticas Públicas Ambientais. Saúde Soc. São Paulo, v.21, p.96-110, 2012.

RODRIGUES, T. D.; MALAFAIA, G.; QUEIROZ, S. E. E.; RODRIGUES, A. S. de L. Percepção sobre arborização urbana de moradores em três áreas de Pires do Rio – Goiás. Revista de Estudos Ambientais, Blumenau, v.12, n. 2, p. 47-61, 2010.

ROPPA, C.; FALKENBERG, J. R.; STANGERLIN, D. M.; BRUN, F. G. K.; BRUN, L. J.; LONGHI, S. J. Diagnóstico da percepção dos moradores sobre a arborização urbana na Vila Estação Colônia – bairro Camobi, Santa Maria – RS. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba, v. 2, n. 2, 2007.

SANTOS, N. R. Z. dos; TEIXEIRA, I. F. Arborização de Vias Públicas: Ambiente X Vegetação. Santa Cruz do Sul: Instituição Souza Cruz, 2001. 135 p.

SHAMS, J. C. A.; GIACOMELI, D.C.; SUCOMINE, M.N. Emprego da arborização na melhoria do conforto térmico nos espaços livres públicos. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.4, n.4, p.1-16, 2009.

TEIXEIRA, I. F. Análise qualitativa da arborização de ruas do conjunto habitacional Tancredo Neves, Santa Maria – RS. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 2, n. 2, p. 9-21, 1999.

TEIXEIRA, I. F.; SANTOS, N. R. Z. dos; BALEST, S. de S. Percepção ambiental dos moradores de três loteamentos particulares em santa Maria- RS quanto a arborização de vias públicas. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.4, n.1, p.58-78, 2009.

ZEM, L. M.; BIONDI, D. Análise da percepção da população em relação ao vandalismo na arborização viária de Curitiba – PR. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba – SP, v.9, n.3, p 86-107, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v44i0.49540

Direitos autorais 2018 Raega - O Espaço Geográfico em Análise

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009