Evidência de validade de critério do Bender-Sistema de Pontuação Gradual

Adriana Cristina Boulhoça Suehiro, Acácia Aparecida Angeli dos Santos

Resumo


Este estudo teve por objetivo buscar evidências de validade para o Bender-Sistema de Pontuação Gradual (B-SPG). Participaram 237 crianças, ambos os sexos, idade média de 8,48 anos (DP=0,50), de segundas e terceiras séries de escolas públicas e particulares do estado de São Paulo. As nove figuras do Bender, desenhadas em transparência, foram aplicadas coletivamente em uma única sessão nas salas de aula. Os resultados permitiram a identificação de evidência de validade de critério por série, visto que houve nítida superioridade de desempenho para as crianças da terceira série em relação às da segunda série. Por ser um sistema novo de um teste psicológico bastante utilizado, sugere-se que outras pesquisas sejam feitas buscando identificar outras evidências de validade.

 

Palavras-chave: psicometria; habilidade viso-motora; avaliação psicológica; teste de Bender.


Palavras-chave


psicometria; habilidade viso-motora; avaliação psicológica; teste de Bender

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v10i2.7678

Direitos autorais